I’M LISTENING TO YOU AT 2x // FALA QUE EU TE ESCUTO A 2x

After we got used to send text messages technology is always giving us a better way to keep doing what we usually do. Audio messages are one of the new way to improve our personal communication.

Most used messages apps now have this feature of speeding up audio messages. There are three options: 1x (normal speed), 1.5x and 2x. Now we can accelerate our communication. Is it ironic? We accept a form to become able to share and connect to each other enjoying the privilege of being in contact with people everywhere, but we can’t stand of listening to them for more than two minutes!

I’m not against technology, but there are few things we should care a little bit more. What kind of excuse could be justifiable for not being able to listen to a person for 2 or 3 minutes? Are we showing consideration? What kind of relationships are we developing this way? Are we training ourselves to become a better listeners, showing others how much we care? Soon we will start to do this personally, kind of starting to look for buttons to accelerate what the person is trying to tell us.

Seriously, let’s rethink this feature. It's more than people’s feelings and needs, it's about people! Let’s give them two, three minutes. If we can't give them a least that, maybe it is time for us to decelerate our life.

That's it.

Denison

Depois de nos acostumarmos com mensagens de texto, a tecnologia sempre nos traz um jeito melhor de fazer o que fazemos. Mensagens de áudio são a nova maneira de melhorar nossa comunicação pessoal.

Os aplicativos mais usados agora têm um recurso para acelerar as mensagens de áudio. São 3 opções: 1x (velocidade normal), 1.5x e 2x. Podemos acelerar nossa comunicação agora. Não é irônico? Aceitamos um jeito de sermos capazes de partilhar e conectar com outros, desfrutando do privilégio de fazer contato de qualquer lugar, mas não agüentamos ouvir as pessoas por mais de 2 minutos!

Não sou contra a tecnologia, mas temos que cuidar com algumas coisas. Que tipo de desculpa seria justificável para não ter condições de ouvir uma pessoa por 2 ou 3 minutos? É assim que mostramos consideração? Que tipo de relações estamos construindo? Estamos nos treinando para ser melhores ouvintes, mostrando aos outros que nos importamos? Logo vamos querer fazer isso pessoalmente, tipo ficar procurando por um botão para fazer a pessoa falar mais rápido o que está tentando nos dizer.

Sério, vamos repensar esse recurso. É mais do que sentimentos e necessidades, se trata das pessoas! Vamos dar a elas 2, 3 minutos. Se não pudermos fazer isso, talvez seja hora de desaceleramos a vida.
 
É isso.

Denison

SPACE BILLIONAIRES // BILIONÁRIOS DO ESPAÇO

SPACE BILLIONAIRES

On July 11th part of world’s attention was taken to Richard Branson and his adventure of being the first billionaire in a flight outer space. The adventure lasted 90 minutes and it has become history already.  

This was a part of the race that three billionaires are on, Richard Branson, Elon Musk and Jeff Bezos. Each one of them has developed plans and are working on them to bring traveling to space to a commercial level. Branson’s project is running for over 20 years and on July 11th reached a very important milestone. We will see much more accomplishments on this subject from now on. 

What is the importance of this episode to the life of those who are not billionaires and live an ordinary life? The first impact is telling us about the future: new and impressive things will keep coming. Second, the race to reach the space indicates that space is still source of power, like it has been since the 60’s for some countries. Also, it is speaking to us about personal accomplishments. Each one of us has dreams and goals we want to bring to reality. Even for those who cannot count billions on their bank accounts, there is no excuse to not pursue what will bring a higher meaning to life. There is always a space to aim.

Richard Branson’s flight reached 50.000 miles high in the sky and after that he could land safely on the ground. You can fly as high as you want to, but make sure you will be able to land to tell your story after. 

That's it.

Denison

BILIONÁRIOS DO ESPAÇO

Em 11 de julho parte da atenção mundial foi dada para Richard Branson e sua aventura em ser o primeiro bilionário a voar no espaço. A aventura durou 90 minutos e já se tornou parte da história.

Isso foi parte da corrida que três bilionários, Richard Branson, Elon Musk e Jeff Bezos, estão travando. Cada um deles desenvolveu planos e estão trabalhando para trazer a viagem para o espaço para um nível comercial. O projeto de Branson tem mais de 20 anos e em de 11 de julho alcançou um marca muito importante. Vamos ver muito mais realizações nesse assunto daqui por diante.

Que importância esse episódio tem na vida dos que não são bilionários e vivem uma vida comum? O primeiro impacto nos conta sobre o futuro: novas e impressionantes coisas vão continuar acontecendo. Segundo, a corrida para alcançar o espaço indica que ele ainda é uma fonte de poder, como tem sido desde os anos 60 para alguns países. Também nos fala sobre realizações pessoais. Cada um tem sonhos e objetivos a realizar. Mesmo para os que não podem contar bilhões na conta bancária, não há desculpa para não perseguir o que vai dar maior significado à vida. Sempre existe um espaço para mirar.

O vôo de Branson alcançou 80.000 km de altura e depois ele pode pousar seguro no solo. Você pode voar o mais alto que quiser, mas tenta certeza que vai poder pousar para contar sua história depois. 

É isso.

Denison
 

FEAR AND SOLUTION // MEDO E SOLUÇÃO

“Facing our fears is not a simple solution, but there is no solution without it.”

What fear can cause us is more complicated than we can imagine. Basically because every person has different reactions and every situation of fear might have a different impact too. That is why facing fear is not simple.

The intention of make it simple might be a way to help those in fear to have bigger motivation to do it and usually doesn't work. It is difficult to say that there is a best way to face fears. The best we can say is that is a process and every process needs to go through its steps. It is possible to do that alone or having help. It is also difficult to say how long is going to take, but good results can be achieved for sure. Probably the most difficult part is to reach the point of facing fear. It might happen that we will find out that the problem wasn't that big and fear was overrated.

Living under the realm of fear is cruelty, no one deserves it. The road to true freedom is totally worth taking.

That's it.

Denison

“Enfrentar nossos medos não é uma solução simples, mas não existe solução sem isso.”

O que o medo pode nos causar é mais complicado do que imaginamos. Basicamente porque cada pessoa tem reações different e cada situação de medo pode ter um impacto diferente também. Por isso enfrentar o medo não é simples.

A intenção de fazer simples pode ser uma forma de ajudar os que têm medo a ter maior motivação para faze-lo e normalmente não dá certo. É difícil dizer que existe a melhor maneira de enfrentar os medos. O melhor que podemos dizer é que é um processo e todo processo precisa seguir seus passos. É possível fazer sozinho ou recebendo ajuda. Também é difícil dizer quanto tempo vai levar, mas bons resultados podem ser alcançados. Provavelmente o mais difícil é chegar no ponto de enfrentar o medo. Pode acontecer de descobrirmos que o problema não era tão grande e o medo exagerado.

Viver sob o domínio do medo é crueldade e ninguém merece isso. O caminho para a verdadeira liberdade realmente vale à pena.

É isso.

Denison

HOPE AND FEAR // ESPERANÇA E MEDO

“It requires more energy to spread hope than fear”.

No, this is not a message to kill hope or motivation. This is a message to show how much we need to do to make a better world. Hope and fear are related to possibilities. Both can happen depending on what we do to allow it.

In fact, the intention here is to add a little more energy on spreading hope. Although hope and fear are possibilities, they spread in a different pace. Because our mind is more focused on defending our survival than on expanding our possibilities, we are more tempted to react to the signs of fear. Not only this, but we are also more willing to share fear to others. And so the chain of fear grows. This is why when we are trying to spread hope we need to create events, shows, invite famous people to join, use all types of media channels, develop a high level of attraction, which ends up making it more difficult.

That is why we can't give up. Maybe, if we find a better way to make our energies more productive and lasting, we can turn that game around.

That's it.

Denison

“Se requer mais energia para espalhar esperança do que medo”.

Não, esta não é uma mensagem para acabar com a esperança. É uma mensagem para mostrar o quanto precisamos fazer para melhorar o mundo. Esperança e medo tem a ver com possibilidades. Ambos podem acontecer dependendo do que fizermos para permitir.

Na verdade, a intenção aqui é adicionar um pouco mais de energia em espalhar esperança. Embora sejam possibilidades, se espalham em ritmo diferente. Porque nossa mente é mais focada em defender nossa sobrevivência do que expandir nossas possibilidades, somos mais tentados a reagir aos sinais de medo. Não só isso, também somos mais dispostos a partilhar o medo com outros. Por isso quando queremos espalhar esperança temos que criar eventos, shows, convidar famosos para participar, usar todos os tipos de canais de mídia, desenvolver um alto nível de atração, o que faz ficar mais difícil.

Por isso não podemos desistir. Talvez, se acharmos uma maneira melhor de tornar nossas energias mais produtivas e duradouras, poderemos virar esse jogo.

É isso.

Denison

IMPACT OF FEAR // IMPACTO DO MEDO

“Worse than fear is what fear causes in us”.

We are definitely living in times when fear is threatening people in ever situation. It is very important to develop the abilities to fight fear, specially because when we win over fear we become stronger.

For a lot of people the problem is what causes fear. They try to find a way to fight against the exterior factor, which is not always possible. We cannot control every exterior factor threatening us. In fact the major problem is how fear can affect people inside. It is the way we react to fear that most of the time is causing problems people aren't able to overcome. Besides the impact of fear there are also consequences that create conditions that become attached to emotions and there are cases where fear is ruining people's life.

Protecting and strengthening our emotions along with developing our ability to react to fear are action we need to work to win this battle.

That's it.

Denison

“Pior que o medo é o que o medo causa em nós”.

Estamos definitivamente vivendo em tempo onde o medo está ameaçando as pessoas em cada situação. É muito importante desenvolver habilidades para lutar contra o medo, principalmente quando vencemos nos fortalecemos.

Para muitas pessoas o problema é o que o medo causa. Tentam encontrar uma maneira de lugar contra o fator externo, o que nem sempre é possível. Não podemos controlar todos fatores externos que nos ameaçam. De fato o maior problema é como o medo nos afeta interiormente. É como reagimos ao medo que normalmente causa problemas que não superamos. Além do impacto do medo existem as consequências que criam condições que se prendem às emoções levando a casos onde o medo arruina com a vida das pessoas.

Proteger e fortalecer as emoções, juntamente com desenvolver a habilidade de reagir ao medo são ações que precisamos trabalhar para vencer essa batalha.

É isso.

Denison

TRYING AND FEAR // TENTAR E O MEDO

“Instead of trying, we should always do the best we can. When we try, we allow fear to join us”.

Maybe there is no other experience in our days that is most overrated than "trying". "Try this", "try that", it is a motto for every aspect in life. Trying is like the challenge to live to most of what life offers.

This idea of trying is a stimulus to enrich experience, with the need of  caring for the outcome. Just try it. It is a great thing to enrich our life experience, but if we really want to do this the best way is not trying, it is doing the best way possible. To live life at full we need to embrace every experience intensely, otherwise we will offer space to fear. That is right. When we don't do things the best way possible, even when we are only "experiencing", fear will find a way to become part of that experience and it will ruin it some how. There is no place for fear when we are completely committed.

If you think "trying" is a way to prove you are fearless, you should experience doing with all your strength. That is what brave people are made of.

That's it.

Denison

“Ao invés de tentar, deveríamos sempre fazer o melhor que podemos. Quando tentamos, permitimos que o medo se junte a nós”.

Talvez não exista outra experiência mais supervalorizada em nossos dias do que "tentar". "Tente isso", "tente aquilo", é um lema para cada aspecto da vida. Tentar é como um desafio para viver o máximo que a vida oferece.

Essa ideia de tentar é um estímulo para enriquecer a experiência, sem precisar se importar com o resultado. Apenas tente. É muito bom para enriquecer nossa vida, mas se queremos realmente fazer isso o melhor não é tentar, mas dar o nosso melhor em tudo. Para viver uma vida plena precisamos mergulhar intensamente em cada experiência, senão vamos dar lugar para o medo. Isso mesmo. Quando não fazemos nosso melhor, mesmo quando estamos apenas "experimentando", o medo vai achar um jeito de se tornar parte e estragar. Não existe lugar para o medo quando estamos completamente comprometidos.

Se você acha que "tentar" é o jeito de provar que não tem medo, deveria experimentar fazer com todas as suas forças. É disso que os bravos são feitos.

É isso.

Denison

LEARNING AND FEAR // APRENDIZADO E MEDO

“Those who learn overcome fear”.

Learning is a natural ability we have, but it doesn't mean it is easy. It is a challenge because it put us facing the unknown, some risks, some threats. In most of the time learning will face fear and that is when the big challenge happens.

Fear is what causes most difficult when we are learning. Unfortunately, we are living under the realm of fear. I am not exaggerating! Fear has put its fingerprints in every aspect of our life and it is affecting people even when they should not be afraid. Learning is a way to battle fear. When we learn we find ways, possibilities, solutions. We become stronger. We develop power. That is how we feel when we overcome fear.

When you were afraid, remember that is an opportunity to learn something. The opportunity to learn how strong you can be.

That's it.

Denison

“Aqueles que aprendem superam o medo”.

Aprender é uma habilidade natural que temos, mas não quer dizer que seja fácil. É um desafio porque nos coloca diante do desconhecido, de alguns riscos e ameaças. Na maioria das vezes, aprender vai encarar o medo e esse é o grande desafio.

Medo é o que causa as maiores dificuldades quando estamos aprendendo. Infelizmente, vivemos sob o domínio do medo. Não estou exagerando! O medo colocou seus dedos em todos aspectos da vida e está afetando pessoas até quando elas não deveriam ter medo. Aprender é uma maneira de lutar contra o medo. Encontramos caminhos, possibilidades, soluções. Nos tornamos mais fortes. Desenvolvemos poder. É como nos sentimos quando superamos o medo.

Quando estiver com medo, lembre que é uma oportunidade para aprender algo. A oportunidade de aprender o quão forte você pode ser.

É isso.

Denison

ORGANIZING AND MIND // ORGANIZAR E A MENTE

“Being organized is first a state of mind”.

It is normal for us to think about organizing as a way to put every think in the right spot and give a clean view of the place. I can tell you that organizing is more than that.

The organizing process starts in our mind. That makes possible for a person have like a messy desk, but still have everything organized. There are people that are able to know where everything is in the middle of that chaos, even the ability to notice if someone touches or moves something. That is because our mind works this way. It goes from random to order (and it can go back again). So organizing is not just a matter of put objects in a specific spot, but it also a function performed in our mind. That also has effect on thoughts, speeches, arguments, informations and numbers.

If you do want to know if someone is an organized person, ask her to get something out of a mess or help you to find something. You will get impressed!

That's it.

Denison

“Ser organizado é primeiro uma condição da mente”.

Para nós é normal pensar em organização como uma maneira de colocar tudo no lugar certo e dar uma visão limpa do local. Vou dizer que organizar é muito mais que isso.

O processo de organizar começa na mente. Isso torna possível para uma pessoa ter uma mesa bagunçada e mesmo assim ter tudo organizado. Existem pessoas que sabem onde cada coisa está no meio do caos, inclusive a habilidade de dizer se alguém mexeu em alguma coisa. Isso é porque a mente funciona assim. Vai do aleatório para a ordem (e pode ir vice-versa). Organizar não é só uma questão de colocar objetos em lugares específicos, mas também uma função desempenhada pela mente. Também funciona com pensamentos, discursos, argumentos, informação e números.

Se você quer saber se uma pessoa é organizada, peça para te dar algo do meio da bagunça ou ajudar a encontrar algo. Você vai se impressionar!

É isso.

Denison

INTERACTION AND WILLPOWER // INTERAÇÃO E VONTADE

friendly business people interacting during conference break

“For most, interaction is more of a willpower than an ability”.

Some people consider interaction as a challenge. Approaching strangers, getting fit in a group, developing a conversation it might seem easy for some people, but not to everybody. Probably most of people doesn't have this natural ability.

That doesn't mean that, for those who doesn't have this natural ability, they should get accommodated and just accept this situation. Even not having the natural ability to easily interact, human beings are social creatures. We have the natural ability to learn and to develop natural skills. It will depend on our willing to get them. When it comes to interaction, even natural ability will be benefited of a portion of willpower. Natural abilities need to be improved too. Improvement comes with good practices. It requires effort, persistence and positivity.

At the end, this is about fighting against ourselves, not to become a different person, but to bring out the best version of who we are.

That's it.

Denison

“Para a maioria, interação é mais uma vontade do que uma habilidade”.

Para algumas pessoas interação é um desafio. Abordar estranhos, se ajustar num grupo, desenvolver uma conversação pode parecer fácil para algumas pessoas, mas não para todo mundo. Provavelmente a maioria não tem essa habilidade natural.

Não significa que, para os que não têm essa habilidade natural, deveriam se acomodar e aceitar essa situação. Mesmo não tendo a habilidade natural de interagir facilmente, seres humanos são criaturas sociais. Temos a habilidade natural de aprender e desenvolver habilidades naturais. Vai depender de nossa vontade de adquirí-las. Quando se trata de interação, mesmo habilidades naturais vão ser beneficiadas de uma dose de vontade. Habilidades naturais precisam ser aprimoradas também. Desenvolvimento vem com boas práticas. Requer esforço, persistência e positividade.

No final, é uma questão de lutar conosco mesmos, não para sermos uma pessoa diferente, mas para trazer à tona a melhor versão de quem somos.

É isso.

Denison

BEING OURSELVES // SENDO NÓS MESMOS

“We don’t need to behave only one way to be ourselves. Even the moon has different phases”.

One of the best decisions we can make in life is to be ourselves. It seems easy, but it is not. We suffer a lot of pressure to become something different of what we are. Basically the reason is to please someone else.

A lot of people struggle with this issue. They want to be who they really are, but they became hostages of the other behavior. This is why it is important to understand what do mean "be who we are". When someone says "this is who I am", it can be dangerous. Because even trying to be who we are, we need to understand that our personality is not based in only one version. We can say "this is who I am in this situation", that would be better. This is how we start to deal with the struggle of trying to be authentic and it will help us to deal with the unexpected reactions we can show sometimes.

Being ourselves is to live not constantly under the influence of other people trying to manipulate and control us.

That's it.

Denison

“Não precisamos agir de uma única maneira para sermos nós mesmos. Até a lua tem fases diferentes”.

Uma das melhores decisões que podemos tomar na vida é ser quem nós somos. Parece fácil, mas não é. Sofremos muita pressão para ser algo diferente do que somos. Basicamente a razão é agradar outras pessoas.

Muita gente sofre com isso. Querem ser quem realmente são, mas se tornaram reféns de outro comportamento. Por isso é importante entender o que significa "ser quem nós somos". Quando alguém diz "eu sou assim", é perigoso. Porque mesmo tentando ser com nós somos, precisamos entender que nossa personalidade não é baseada em uma única versão. Podemos dizer "eu sou assim, nesta situação", o que seria melhor. É assim que começamos a lidar com o problema de tentar ser autênticos e vai nos ajudar a lidar com reações inesperadas que temos às vezes.

Ser nós mesmos é viver não constantemente sob a influência de outras pessoas tentando nos manipular e controlar.

É isso.

Denison