CROSSWALK // FAIXA DE PEDESTRE

🇺🇸 Safety is the most important issue when people think about traffic. Vehicles, laws, procedures are made to guarantee that pedestrians, drivers and passengers have the best safety conditions so they can walk and drive in peace with the assurance they will get to the destiny they’re heading for.
 Numbers show the tragic results in traffic every year. Like, 30% of pedestrians deaths in traffic occurred with those not using the crosswalk, while 37% of deaths were because no crosswalk was provided at the location and 10% of the deaths occurred with pedestrians crossing on the crosswalk. Pedestrians who are in most risk are younger than 16 and older than 45.
 The crosswalk is there, it’s not an obligation, it’s a safety recommendation. That’s why people feel it’s their option to use it or not. I think everybody have crossed a street out of the crosswalk once or twice at least. If you out of it, you’re under more risk. If you’re in it, doesn’t mean you’re 100% safe. If you use it, it’s good, if you don’t, nobody will condemn you for that. It’s like to live in this world. You’re here and you gonna make your decisions. If your choices put you on risk your chances to bad things happen will be higher. If you go for safety, there’s still a chance for bad things happen to you too. The crossroad will still be there, so you can think and decide what’s the best decision you’ll make to yourself.
 Free will is not about God, or punishment, or reward. We have to face that we’re in charge of the choices. It’s about what do we want to ourselves. Things will always happen while we’re crossing through life. 
That's it.
Denison 

🇧🇷 Segurança é o mais importante ponto quando pensamos em tráfego. Veículos, leis, procedimentos são feitos para garantir que pedestres, motoristas e passageiros tenham condições de caminhar e dirigir em paz para chegarem sãos e salvos ao destino para onde estão indo.
 Números mostram trágicos resultados no tráfego cada ano. Das mortes de pedestres, 30% foram por não usarem a faixa de pedestre, enquanto que 37% das mortes ocorreram em lugares que não havia faixa disponível no local e 10% das mortes ocorreram com pedestres cruzando na faixa. Pedestres com menos de 16 e mais de 45 anos são os que estão em maior risco.
 A faixa de pedestre está lá, mas não é obrigatório, é uma recomendação. Por isso as pessoas acham que usa-lá é uma questão de opção. Acho que todo mundo já atravessou a rua fora da faixa uma vez ou outra. Se não usa, seu risco é maior. Se usa, não quer dizer que está 100% seguro. Se você usa, é bom e se não usa, ninguém vai condenar você. É como viver neste mundo. Você está aqui e vai tomar decisões. Se seus escolhas colocarem você em risco terá mais chances de coisas ruins acontecerem. Se escolher por segurança, ainda vai ter a chance de coisas ruins acontecerem. A faixa de pedestre vai estar lá, assim você pode pensar e escolher qual a melhor decisão para você.
 Livre arbítrio não tem a ver com Deus, ou castigo, ou recompensa. Somos nós que estamos em cargo daquilo que queremos para nós mesmos. Coisas sempre vão acontecer enquanto cruzamos pela vida.
É isso.
Denison 

Advertisements

SHARING THE VISION // PARTILHANDO A VISÃO

🇺🇸 Leadership starts in one person. It’s an inner thing that will bring to out the ideals and motivations created. Once it starts cannot stay limited to one person. Leadership is an interpersonal factor. One thing that a leader must learn is how to share the leadership and get other people involved.
 When I mention leadership, I’m talking about creating movement, which is the quality of a leaderactive. The challenge to believe in ourselves is to make another one to believe in the same way. Even if you truly believe in yourself this will be vanish if you cannot make another person to believe in you too. If you’re struggling trying to do so, start believing you’re able to learn how to get there.
 I believe in the power of the words, but I know they’s no absolute power in this world. Words are good to start to influence other people and a leaderactive will need to use them and well! But we’re living in a time when words can be expressed in newer ways. Today, words need an image and a soul. It’s important to connect to the reason, but people are made of emotions too, so the words need to touch and inspire people’s emotions. To create an image, we need to turn something into a real thing. Even a small one, but when people start to see something, they start to connect. When emotions and images are linked, our vision starts to get a place into their attention. The rest is about how strong is your faith and beliefs.
 In 2018, I started to wear glasses permanently. They call “transition lenses”. It’s to adjust my vision to every distance. If I can share what I see as well as I’m seeing, I can start to make some difference. 
That's it.
Denison 

🇧🇷 Liderança começa com uma pessoa. É algo interior que traz pra fora ideais e motivações criadas. Depois que começa não poder ficar limitada a uma pessoa só. Liderança é um fator interpessoal. Algo que o líder precisa aprender é como partilhar a liderança e envolver pessoas.
 Quando falo de liderança, estou falando de criar movimento, que é a qualidade do liderativo. O desafio de acreditar em si mesmos é fazer os outros acreditarem também. Mesmo que você realmente acredite em você mesmo, isso vai se perder se você não conseguir fazer outra pessoa acreditar em você também. Se você está tendo dificuldades com isso, comece acreditando que você pode aprender como.
 Creio no poder das palavras, mas sei que não existe poder absoluto neste mundo. Palavras são boas para começar a influenciar pessoas e um liderativo vai precisar usa-las e bem! Mas vivemos num tempo onde as palavras são expressadas em novas formas. Hoje em dia, palavras precisam de imagem e alma. É importante se conectar com a razão, mas pessoas também são feitas de emoções e as palavras precisam tocar e inspirar as emoções. Para criar uma imagem precisamos tornar algo real. Mesmo pequeno, quando as pessoas verem, vão começar a se conectar. Quando unimos imagens e emoções, nossa visão começa a ter a atenção das pessoas. O resto é com o quanto você acredita na sua visão.
 Em 2018 comecei a usar óculos permanentes. Lentes progressivas. Ajustam a visão de acordo com a distância. Se puder partilhar o que vejo tão bem quanto vejo, já posso começar a fazer a diferença.
É isso.
Denison 

SESAME STREET // VILA SÉSAMO

🇺🇸 If you ask me about what I liked to watch on TV on my childhood, there’s not doubt for me to answer: Sesame Street! That show was a reference of joy and support. I’m pretty sure who has watched the program would say the same. It’s unforgettable! (Watch the video)
 Now New York city brought the program closer to reality. Celebrating the 50th anniversary of the first broadcasted show, the city named the west side of the 63rd street as Sesame Street. It’s the intersection of W 63rd and Broadway. It’s been 10 years since the city named the street temporarily and now fans can enjoy having a real piece of that wonderful imaginary show. (See the map at the the end of this post)
 Fifty years! It’s the longest children’s show running on TV. It started in 1966 with Joan Ganz Cooney and Lloyd Morrisett wanting to help children to learn before they go to school. They though once children would watch TV anyway, why didn't take advantage of that and do something good for them? So for 3 years they prepared the idea and on November 10th of 1969 the first program was aired on TV. Sesame Street is a good example of how can we well relate different generations. That’s a challenge! People say the conflict of generations is a tough thing to handle, but it’s not impossible. Of course we need to allow transformation to happen, but we can still be relevant to people through out the time.
 The most important generation is the one that understands the others. Could we do that for another 50 years. By the way, art my fist day in Kindergarten I wore Big Bird’s T-shirt. That got me a lot of friends!
That’s it.
Denison 

🇧🇷 Se você me perguntar o que eu gostava de ver na TV na minha infância, não vou ter dúvida em dizer: Vila Sésamo! O programa era uma referência de alegria e ajuda. Tenho certeza de que quem viu o programa vai dizer o mesmo que eu. É inesquecível! (Veja o vídeo)
 Agora a cidade de New York trouxe o programa mais perto da realidade. Celebrando os 50 anos da transmissão do primeiro programa, a cidade nomeou a parte oeste da 63 Street de Sesame Street. É a intercessão da 63 com a Broadway. O nome tinha sido dado há 10 anos temporariamente e agora os fãs vão poder curtir um pedaço real desse maravilhoso programa imaginário. (Veja a foto do mapa no fim do post)
 50 anos! É o programa infantil que está a mais tempo na TV. Começou em 1966 com Joan Ganz Cooney e Lloyd Morrisett. O primeiro programa foi ao ar em 10 de novembro de 1969. No Brasil começou a ser transmitido em 12 de outubro de 1972 e a partir de 1973 ganhou um formato “brasileiro" com personagens e quadros criados pela TV brasileira. Hoje o programa é chamado de Sésamo e transmitido na TV Cultura. Vila Sésamo é um bom exemplo de como se relacionar com as gerações. Pessoas dizem que o conflito de gerações é difícil de lidar, mas não é impossível. Claro que precisamos permitir que transformações aconteçam, mas ainda podemos ser relevantes às pessoas com o passar do tempo.   
 A geração mais importante é a que entende as outras. Poderíamos fazer isso por mais 50 anos? A propósito, no primeiro dia do Jardim da Infância fui com a camiseta do Garibaldo e fiz o maior sucesso!
É isso. 
Denison 

TICKLISH // CÓCEGAS

🇺🇸 New Monday arrived and is inviting you to enjoy every moment. I know that we also have to find ways and reasons to make the day as joyful as possible. A Sparkling Monday only happens when we do something about it. If you’re looking for a special motivation on your day, here comes another tip.
 Laughing is the best medicine, is an old saying. There is a whole scientific and physiological concepts about the this mechanism proving the good effects of laughing and humoring. I can give you some hints to finding ways that will make you laugh, but today I’d like to talk about something that won’t make you laugh unless you have someone doing you. Because better than laughing is laughing with someone else.
 Are you ticklish? I think most of the people are. Not everybody likes being tickled, but it’s something that affects us in a weird way. People say that there’s 2 phenomenons involved on that: knismesis, which is more like an itching reaction and the other one is gargalesis, which is a reaction of touching. In general, both phenomenons are related with the sense of fear and protection, but there’s the emotional factor too. Usually, laughing on ticklish is involved when is done by someone that we are related. If it’s done by an stranger or unrelated person it causes discomfort. But when we laugh it’s because our brain created a pattern for the sensation and we end up laughing. And the funny part, you won’t laugh tickling yourself. (Watch the video)
 Tickling reminds of my father. He used to tickled me a lot and I loved. But I grew up and I’m not ticklish anymore, except in one part of my body. But I have so many other ways that make me laugh real hard.
That’s it.
Denison 

🇧🇷 Mais uma segunda-feira chegou e está convidando você para curtir cada momento. Claro que também temos que encontrar maneiras e razões pra alegrar o dia ao máximo. Uma Sparkling Monday só acontece quando fazemos algo por isso. Aqui vai outra dica, se você está buscando um dia feliz.
 Rir é o melhor remédio, é um velho ditado. Existe toda uma explicação científica e fisiológica para esse mecanismo que causa bom efeito na risada e no humor. Posso dar umas idéias pra encontrar maneiras que vão fazer você rir, mas hoje vou falar sobre algo que não vai fazer você rir, a não ser que outra pessoa participe. Porque melhor do que rir, é poder rir com mais alguém.
 Você sente cócegas? Acho que a maioria sente. Nem todos gostam, mas isso nos afeta de um jeito estranho. Dizem que são 2 fenômenos envolvidos: a cnismese, que é como uma reação de coceira e a outra é a gargalese, que é a reação ao toque. Em geral, os dois fenômenos estão relacionados com o senso de medo e proteção, mas tem um fator emocional também. Normalmente, rir ao sentir cócegas acontece quando é feito por quem a gente tem relacionamento. Se é feito por um estranho ou quem a gente não curte causa incômodo. E o engraçado é que não rimos se fazemos cócegas em nós mesmos. (Assista o vídeo) 
 Cócegas lembram meu pai. Ele fazia muito em mim e eu amava. Mas cresci e não sinto mais a não ser em um ponto do meu corpo. Mas tenho tantas outras maneiras que me fazem rir e muito!
É isso. 
Denison 

CALCULATOR // CALCULADORA

🇺🇸 That’s true, people are still using calculators. It seems like that the smartphones would take their place, but not entirely. Professionally, sophisticated calculators are doing their jobs, like with engineers and accountants, although app versions of graphing and scientific calculators are available.
 Today’s word in my plantation is CALCULATOR. At fist, I was not too excited to write about it, until I did some research on it. The origem of the word is latin calculatus, which means “to reckon or compute”, and comes from calculus, which means "to count". In ancient times the way they registered numbers was through little pebbles, like limestones. They separate the pebbles to register the amount which was counting. Those pebbles were called calculus, diminutive of calx. That’s why we refer to kidney stones as calculus. Calx, by its turn, comes from creta, which means “to mix with chalk”, and now we understand the word “concrete". So since the beginning to calculate was related to something exact and solid.
 I like those kinds of trip. I still can remember the first time I played with a calculator. My father had a small Casio calculator and I learned how to use it. I was probably 6-7 years old, and maybe there’s from I got the interesting for electronics and stuff. To calculate is not the most desirable exercise for some people, maybe a lot of people. There’re things in life we just have to do, even when we have no idea we’re doing.
 You can think you’re not using numbers, but every time you evaluate life and make decisions you are calculating. To put few pebbles apart from another, is like saying: this is exactly the best thing for my life.
That’s it.
Denison 

🇧🇷 É verdade, ainda têm pessoas usando calculadoras. Parecia que os smartphones tomariam o seu lugar, mas não totalmente. Profissionalmente, calculadoras sofisticadas estão trabalhando, com engenheiros e contadores, embora versões de aplicativos para calculadoras gráficas e científicas estejam disponíveis.
 A palavra de hoje na plantação é CALCULADORA. A princípio, não estava animado pra escrever sobre isso, até fazer umas pesquisas. A origem é o latim calculatus, que significa “registrar, computar”. Calculatus vem de caulculus, que significa “contar”. Nos tempos antigos eles registravam números com pedrinhas de calcário. Eles separavam as pedras para registrar as quantidades que estavam sendo contadas. Essas pedrinhas era chamadas de calculus, diminutivo de calx. Por isso referimos à pedra no rim como cálculo. Calx, por sua vez, vem de creta, que quer dizer “misturar com cal” e agora entendemos a palavra “concreta”. Portanto, desde o começo calcular estava relacionada com algo exato e sólido.
 Gosto dessas viagens. Ainda lembro a primeira vez que mexi numa calculadora. Meu pai tinha uma pequena calculadora da Casio e aprendi a usa-la. Eu tinha de 6-7 anos, e pode ser que foi dali que veio meu gosto coisas eletrônicas. Calcular não é a prática mais desejável para algumas pessoas, talvez para muitas pessoas. Têm coisas na vida que temos que fazer, mesmo que não percebamos que façamos.  
 Você pode achar que não está usando números, mas sempre que avalia a vida e toma decisões, você está calculando. Separar umas pedrinhas das outras é como dizer: isso é exatamente o melhor para minha vida.
É isso. 
Denison 

BANK STATEMENT // EXTRATO BANCÁRIO

🇺🇸 It’s very normal to handle with bank statements. We receive them by mail, e-mail, we can access at online bank, ATMs and at the branch. There’s no excuse to say that we don’t have access to the movement we do in our bank account. The bank has the responsibility to keep us informed.
 Take a look at your bank statement if you have one. What the first thing you put your eyes on? The balance? What’s the second? The latest debits? I think it’s what almost everyone does with the bank statement. We go for what’s left and for what’s leaving. Of course I’m not generalizing here, you can mention if you do different when you get your statement.
 There're other things I like to check on my bank statement: the deposits and some debits dates. This is important to me to keep a better track of the movements. Sometimes we can have problems just because we miss some details. One day later can make a huge difference to the bank account. I have to look closely, because my bank doesn’t follow my count. It processes the information according to its own criteria. It’s just like interpersonal communication. Sometimes we have to check on what was said. Little misunderstandings can happen, because we're thinking our way and the others are thinking their way. So as much as you like and take care of your money, do the same when you're communicating.
 Communication is what we say and what people understand. It has to have both sides. And usually it's more than what we say. It’s when and how we say, and even what we don’t say. And I may not said all.
That’s it.
Denison 

🇧🇷 É bem normal lidarmos com extratos bancários. Recebemos pelo correio, e-mail, podemos acessar pela internet, caixas eletrônicos e nas agências. Não temos desculpa pra dizer que não temos acesso ao movimento em nossa conta bancária. O banco tem a responsabilidade de nos manter informados.
 Da uma olhada no seu extrato, se tiver um. Qual a primeira coisa que olha? O saldo? Qual a segunda? Os últimos débitos? Acho que quase todo mundo faz assim com o extrato. Temos maior interesse pelo que sobrou e pelo que saiu. Claro que não estou generalizando aqui, você pode mencionar se você faz diferente com o seu extrato bancário.
 Tem outras coisas que checo no meu extrato: as datas dos depósitos e de alguns débitos. É importante ficar de olho nesses movimentos. Às vezes podemos ter problemas só porque perdemos alguns detalhes. Um dia depois pode fazer uma grande diferença na conta bancária. Tenho que olhar com atenção, porque meu banco não segue minhas contas. Ele processa a informação do jeito dele. Isso é como na comunicação interpessoal. Às vezes temos que checar o que dissemos. Pequenos desentendimentos podem acontecer, porque pensamos do nosso jeito e os outros pensam do deles. Então, assim como você gosta e cuida do seu dinheiro, faça o mesmo quando você se comunicar.  
 Comunicação é o que dizemos e o que as pessoas entendem. Tem que ter os dois lados. É mais do que aquilo que falamos. É quando e como falamos, e até o que não falamos. E posso não ter dito tudo aqui.
É isso. 
Denison 

FLEXIBILITY // FLEXIBILIDADE

🇺🇸 Leadership is the power that moves the world. When a leader stands up for a cause, things begin to happen. That’s why to create movement is the major motivation in leadership. Leaders deal with needs, providing solutions and getting people involved in that.
 Just in case you’re thinking you have nothing to do with leadership, I’d just like to remind you that leadership is in every dimensions of life and we are involved in this in the most basic level, which is to lead ourselves. Do not give up on this option. In fact it’s very important to understand the rules of leadership and how to get the most of it, for you and for others.
 That’s why I want to consider here the topic of flexibility. I like the definition of it: “the quality to bend easily without breaking”. Consider the term “quality”. Some people thing on flexibility as a weakness. The most strong is the one who doesn’t break. The harder we are, the greater the chances of breaking. So being flexible is the ability to do more things. In the times of multi-task, multi-function, multi-intelligence, if you are a person that can perform more than a responsibility, you’ll be consider in the select level of indispensable. Some people say they only can do one thing, only learn what they do. These kind of attitude are obsolete. For those who doesn’t want to break, being flexible is the way they set their mind.
 Flexibility moves people to learn and to help always, because to help, people have to do something. If you’re considering what you’ve just read, it’s because your mind is flexing, telling you to move.
That’s it.
Denison 

🇧🇷 Liderança é o poder que move o mundo. Quando um líder se levanta por uma causa, as coisas começam a acontecer. Sendo assim, criar movimento é a maior motivação na liderança. Líderes lidam com necessidades, provendo soluções e envolvendo pessoas nisso.
 No caso de você estar pensando que não tem nada a ver com liderança, queria só lembrar que liderança está em todas as dimensões da vida e estamos envolvidos nisso no nível mais básico, que é liderar a si mesmos. Não abra mão dessa opção. Na verdade é muito importante entender as regras da liderança e como obter o máximo dela, para você e para os outros.
 Por isso queria considerar aqui o assunto da flexibilidade. Gosto da definição, “a qualidade de envergar facilmente sem quebrar”. Veja o termo “qualidade”. Tem gente que acha que é fraqueza. O mais forte é aquele que não quebra. Quanto mais duros somos, maiores as chances de quebrarmos. Ser flexível é a habilidade de fazer mais coisas. Em tempos de multi-tarefa, multi-função, multi-inteligência, se você é a pessoa que pode realizar mais com responsabilidade, vai ganhar consideração no seleto nível de indispensável. Alguns dizem que só fazem uma coisa, só o que aprenderam a fazer. Essas atitudes são obsoletas. Para quem não quer quebrar, ser flexível é a melhor maneira que se deve pensar.  
 Flexibilidade move pessoas a aprender e ajudar sempre, porque para ajudar, temos que fazer algo. Se você está considerando o que leu aqui, é porque sua mente é flexível e está dizendo pra você se mexer.
É isso. 
Denison