LIMITS AND STRUGGLES // LIMITES E PROBLEMAS

“Some people  struggle with their limits, just because there is no one else there to release them”.

We are not unlimited beings. We are totally able to grow and develop our capability and learn new things, but we will always have limits. Even though we are away far from getting close to our complete potential.

Limits can affect people in some many ways and in so many forms. Not everybody has the ability to overcome their own limits. This is one wonderful thing about relationships and support. It is possible to create a bridge from the edge where the person is to the other edge where she can reach. If we develop the initiative to get close to each other and to show that we care and offer help, we will see great results, that wouldn't be possible for someone by herself.

It starts in a simple way: get closer and offer help. Those who are willing to overcome struggles will understand your intentions and will say "yes".

That's it.

Denison

“Algumas pessoas sofrem com limites, só porque não tem ninguém lá para liberá-las”.

Nós não somos seres ilimitados. Somos totalmente capazes de crescer e desenvolver nossa capacidade e aprender novas coisas, mas todos temos limites. E ainda estamos muito longe de chegar perto do nosso potential completo.

Limites podem afetar as pessoas em tantas maneiras e formas. Nem todos têm a habilidade de superar seus próprios limites. Isso é uma coisa muito boa nos relacionamentos e apoio. É possível criar uma ponde de uma beira onde a pessoa está para a outra beira onde quer chegar. Se desenvolvermos a iniciativa de nos aproximar uns dos outros e mostrar que nos importamos e oferecer ajuda, vamos ver grandes resultados, que não seriam possíveis se tentassem sozinhos.

É fácil começar: se aproxime e ofereça ajuda. Os que desejam realmente superar os problemas vão entender suas intenções e vão dizer "sim".

É isso.

Denison

EXCELLENCE AND RESULTS // EXCELÊNCIA E RESULTADOS

“Excellence is not the results of our efforts. It is what makes us getting there”.

There is no question about the importance of excellence. Every initiative is valid to make everything we do excellent. It is also important to understand how the work to reach excellence should be done.

Think about all the energy involved in making something excellent. It is not a natural process. We are talking about priorities, strategies, protocols, action plans and meetings, so many meetings! In the middle of all those efforts we have to keep reminding ourselves that we are not working for excellence. We are working for results. Developing excellence is to create a route where everything we do will be driven to reach the higher possible level of our work.

It would be like giving a present to someone, but getting so involved wrapping it and ending up giving the wrapping instead of giving the present.

That's it.

Denison

“Excelência não é o resultado dos nossos esforços. É o que nos faz chegar lá”.

Não dúvida alguma sobre a importância da excelência. Toda iniciativa é válida para fazer tudo que fazemos excelente. Também é importante compreender como o trabalho para alcançar excelência deveria ser feito.

Pense em toda energia envolvida em fazer algo excelente. Não é um processo natural. Estamos falando de prioridades, estratégias, protocolos, planos de ação e reuniões, muitas reuniões! No meio de todos esses esforços temos que ficar lembrando a nós mesmos que não estamos trabalhando para a excelência. Trabalhamos pelos resultados. Desenvolver excelência é criar um caminho onde tudo vai ser direcionado para alcançar o nível mais alto do trabalho.

É como dar um presente para alguém, mas ficar tão envolvido com o embrulho que decidimos dar o embrulho ao invés de dar o presente.

É isso.

Denison

NEW PRACTICES // NOVAS PRÁTICAS

NEW PRACTICES RISE BECAUSE WE BECOME INEFFECTIVE ON THE OLD ONES

Stephen Covey says that because of the constant of change we usually face new challenges. New challenges call for new response to meet that challenge.

This is the essence of new practices. Is not to make people’s life crazy, as a lot of people think. Is a result of an effort to face new challenges, a necessary effort. So it’s also necessary to let the old practice go. It worked for a while, but results are more important than keep inefficient practices.

Two things are important in this scenario: first, the change itself causes discomfort, so help people to overcome that. Second, keep the potential result on people’s sight. The more they face the improvements the better they will embrace it.

That's it.

Denison

NOVAS PRÁTICAS SURGEM PORQUE NOS TORNAMOS INEFICIENTES NAS ANTIGAS

Stephen Covey fala que por causa da constante da mudança normalmente enfrentamos novos desafios. Novos desafios pedem por novas reações que correspondam ao desafio.

Essa é a essência das novas práticas. Não é enlouquecer as pessoas, como muitos pensam. São o resultado de um esforço para vencer os novos desafios, um esforço necessário. Também é necessário se desapegar das antigas práticas. Funcionaram por um tempo, mas os resultados se tornam mais importantes que as práticas ineficazes.

Duas coisas são importantes nesse cenário: Primeiro, a mudança em si já causa desconforto, então ajude as pessoas a superarem ele. Segundo, mantenha os resultados potenciais à vista das pessoas. Quanto mais visualizarem as melhorias mais vão se envolver com elas.

É isso.

Denison

COST-BENEFIT // CUSTO/BENEFÍCIO

🇺🇸 To create movement is the ultimate goal for the leaderactive. Creating movement has the challenge of bringing people together and align their mind and actions towards a better reality. Don’t think it’s easy. One of the most difficult things to do is to create unity between people with different backgrounds.
 The leader can make the call, motivate, organize, but at the end every person will respond according to his/her own interests and convictions. Some will step out. For as strong as the leader’s influence can be, every personal decision is made on the cost-benefit basis. People can be motivated to follow a movement, but they will always confront with the costs of making that decision. How to handle that?
 Cost-benefit is for personal and management decisions too. In a company, a huge part of the profit is based on the cost-benefit equation. The ideal is to have high benefits with low costs. But there’s another factor to be considered here: the yield. It’s not only about what costs and what we’re getting now. It’s about how much it’ll generate. I was listening to a cooking class and the lady was showing how to make bread. Interesting part was when she taught how to make the yeast out of the dough to be used to make another bread. The cost-benefit is the bread being baked, the yield is the power to generate another one.
 The leaderactive will help people to see beyond the gains. The equation is different when we see how much the gain can generate. One bread is a good income, but two breads out of one dough is a yield.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Criar movimento é o objetivo maior do liderativo. Ao criar movimento surge o desafio de juntar pessoas e alinhar sua mente e ações em direção a uma realidade melhor. Não pense que é algo fácil. Uma das coisas mais difíceis é criar unidade entre pessoas com tantas diferenças em suas realidades.
 O líder pode chamar, motivar, organizar, mas no final cada pessoa vai responder de acordo com seus próprios interesses e convicções. Alguns vão abandonar. Por mais forte que seja a influência do líder, cada decisão pessoal é baseada na análise de custo/benefício. Pessoas podem ser motivadas a seguir um movimento, mas sempre confrontarão os custos de tomar essa decisão. Como lidar com isso?
 Custo/benefício pode ser tanto para decisões pessoais quanto para administrativas. Numa empresa a maior parte do lucro é baseado na equação custo/benefício. O ideal é benefício alto e custo baixo. Mas outro fator pode ser considerado: o rendimento. Não é só o quanto custa e o quanto ganha agora. É o quanto vai gerar também. Estava ouvindo uma aula de culinária e a palestrante mostrou como fazer pão. Foi interessante quando ela mostrou como fazer fermento da própria massa do pão para ser usado para fazer outro pão. O custo/benefício é o pão assado, o rendimento é o potencial para gerar um outro pão.
 O liderativo vai ajudar pessoas a ver além dos ganhos. A equação é diferente quando vemos o quanto o ganho pode gerar. Um pão é um bom ganho, mas dois pães feitos de uma massa só é um rendimento. 
É isso.
Denison 

DISTINCTION // DISTINÇÃO

🇺🇸 Leadership involves a lot of things and it’s hard to point what is the most important one. It’s a mix of different aspects and experiencies. One thing is important all the time: to keep the vision. To create and lead a movement requires perception of where we're heading and to make the necessary adjustments.
 Having the right vision one thing that can be totally different from just having a vision. Most of people are able to visualize what’s ahead, but the leaderactive is focused on to correctly identify, understand and pursue the vision, turning it into good results. One big problem is to get confused with the different aspects of the vision and also make the difference between what’s right and what’s wrong.
 The leaderactive has to be able to see things distinctly. What’s distinction, by the way? It’s what makes similar things different. When we see two different things it’s easy to separate them, but when we see things that are looked exactly to each other it’s complicated. Usually it’s a little detail that makes the whole difference. In times of piracy we can train our ability to see the distinction of things. It could be clothes, shoes or an electronic device. We have to be careful to not pay good money on bad things. When I’m looking for an important thing, I make sure I know all the details that make one thing distinct from another.
 Not everything is about what’s better and what’s worse. Distinction is about what is really good for your intentions and plans. Distinctions go on this level too, what’s we should pick and what we should discard.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Liderança involve um monte de coisas e é difícil apontar qual a mais importante. É uma mistura de diferentes aspectos e experiências. Uma é importante todo tempo: manter a visão. Criar e liderar um movimento requer percepção de onde estamos indo e fazer os devidos ajustes necessários.
 Ter a visão correta é uma coisa que pode ser totalmente diferente de apenas ter uma visão. A maioria pode visualizar o que está adiante, mas o liderativo está focado em identificar e entender corretamente e perseguir a visão, transformando ela em resultados. Pode ser problema se confundir com os diferentes aspectos da visão e também fazer diferença entre o que é certo e o que é errado.
 O liderativo tem que ser capaz de ver as coisas distintamente. O que é distinção? É o que faz coisas similares serem diferentes. Quando vemos duas coisas diferentes é fácil separá-las, mas quando vemos coisas que se parecem umas com as outras fica complicado. Normalmente é um pequeno detalhe que faz toda diferença. Em tempos de pirataria podemos treinar nossa habilidade para distinguir coisas. Pode ser roupa, calçado ou eletrônico. Temos que ter cuidado para não pagar por algo sem valor. Quando procuro por algo importante, tenho que ter certeza que sei os detalhes que distinguem um do outro.
 Nem tudo é sobre o que é melhor ou pior. Distinção é a respeito do que é realmente bom para suas intenções e planos. Distinção vai nesse nível, também, o que escolhemos e o que descartamos. 
É isso.
Denison 

PLANNING & STRATEGY // PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA

🇺🇸 I’ve heard people saying that planning and strategy are wasting of time. That all we need is to go to action. It’s hard to explain to some people that planning and strategy are part of the action too. Now I’m wondering if it’ll be possible to explain this here with few words. But believe me, both are really important!
 Some people don’t like to deal with details and basically planning and strategy involve details. Of course they are specific parts of the process of reaching goals and sometimes people get confused with which is one and what’s the other. Then someone came up with a magical solution and created the “strategic planning”. So whatever you do at this level must hit the target, right? It depends on where you’re aiming.
 Pretend that it’s time to shop for groceries. What do you do? You’re going to make a list of things you need to shop, then you’ll set a budget for it and choose the supermarket you want to go. That’s your planning. You also have to decide if you’re going to walk every aisle of the market or go right to the products on the list, creating a path to get them and checking how they gonna fit on your budget. This is strategy. See, both are involved in the main goal, but each of them play a different part in the process and also work to each other to reach the best results. Work with them could be easier than you think.
 Everybody knows that going to the supermarket without knowing what we need and how much we can spend is the first step to spend money we don’t have on things we don’t need. Do you think this is good?
That's it.
Denison 

🇧🇷 Já ouvi pessoas dizendo que planejamento e estratégia é perda de tempo. Que o que precisamos é agir. É difícil explicar para algumas pessoas que planejamento e estratégia são parte da ação também. Agora vamos ver se é possível explicar isso aqui em poucas palavras. Mas acredite, ambos são importantes!
Tem gente que não gosta de lidar com detalhes e basicamente planejamento e estratégia envolvem detalhes. São partes distintas do processo de alcançar alvos e às vezes as pessoas confundem qual é um e qual é o outro. Aí alguém veio com a solução mágica criando o “planejamento estratégico”. Assim não importa o que você faça vai acertar um ou o outro, certo? Aí depende onde você está mirando.
Imagine que você vai fazer compras. O que você faz? Faz uma lista das coisas que precisa comprar, então define o seu orçamento e escolhe em qual supermercado você vai. Isso é o seu planejamento. Você também vai ter que decidir se vai ficar andando por todos os corredores ou se vai direto aos produtos da lista, criando um roteiro pelo mercado e pra checar como as compras vão caber no orçamento. Isso é estratégia. Ambos estão envolvidos no objetivo principal, mas cumprem função diferente no processo e também cooperam um com o outro. É algo que é mais simples que imagina.
Todo mundo sabe que ir ao mercado sem saber o que precisa e o quanto pode gastar é o primeiro passo para gastar dinheiro que não tem em coisas que não precisa. Você acha que isso é bom?
É isso.
Denison

BUSY & PRODUCTIVE // OCUPADO E PRODUTIVO

🇺🇸 Time is the most precious asset we have. It creates the opportunity to all situations, to make things happen, to make things develop, to make things come to maturity. Time is the opportunity, nothing will come to a point by itself. When we add talent to the time we have productivity.
 Productivity means results and that’s the reason we do things, we want results. Thinking on leadership, results are the ultimate goal for a leader. Everything is about results. When we talk about creating movement, the action of the leaderactive, the top result is not only to create a movement, but also getting people involved, so as the movement goes, they can develop their own, as part of the whole thing. 
 When we become part of a movement we have to be busy, making things happen. Being busy can be tricky, because creates the sense of producing results, but can be only a way to do things with no results necessarily. Both being busy and productive are necessary. It’s like a kitchen sink faucet. Modern faucets have the regular exit for streaming water and the spray function. The faucet keeps the water busy, flowing continuously, while the spray works direct to a spot, where it needs. Results come when we’re productive, but we also have to be working, nothing will come if we are stuck. Busy and productive work together.
 We can use time to get into good results. It’s not about just being busy all the time, because if the faucet keeps flowing all the time, the result will be a kitchen floor totally wet and that wouldn’t be a good result!
That’s it. 
Denison 

🇧🇷 Tempo é o bem mais precioso que temos. Cria a oportunidade para todas as situações, pra fazer coisas acontecerem, desenvolverem e chegarem ao ponto de maturidade. Tempo é a oportunidade, nada vai acontecer por si mesmo Quando acrescentamos talento ao tempo, temos a produtividade.
 Produtividade significa resultados e esta é a razão por fazermos coisas, queremos resultados. Pensando em liderança, resultados são o objetivo máximo de um líder. Tudo tem a ver com resultados. Falando em criar movimento, a ação do liderativo, o resultado maior não é somente criar movimento, mas também envolver as pessoas, assim à medida que o movimento segue as pessoas se desenvolvem.
 Se somos parte de um movimento temos que estar ocupados, fazendo coisas acontecerem. Estar ocupado pode ser complicado, cria um senso de produzir resultados, mas pode ser apenas agitação. É necessário estar ocupado e ser produtivo. É como torneira da pia da cozinha. Torneiras modernas têm o cano de fluxo de água e a função de jato. A torneira mantem a água ocupada, fluindo continuamente, o jato funciona em um ponto específico, quando precisa. Resultados vêm se somos produtivos, mas temos que agir também, nada acontece se estivermos parados. Ocupado e produtivo andam juntos.
 Usamos o tempo para ter bons resultados. Não se trata de estar sempre ocupado, porque se a torneira ficar jorrando água o tempo todo, vai inundar o chão da cozinha e isso não vai ser um bom resultado!
É isso. 
Denison