STRATEGY // ESTRATÉGIA

🇺🇸 When you know where you’re going you’ll try to find the best way to get there. Usually there’s more than one option The leaderactive will work the best one to reach the goals. As important as it is to reach the goals is the process to get there. We know that goals are results of the efforts invested.
 For those who don’t like to waste energies, to create a strategy is the best way to concentrate and direct all the energy invested in the process. So a strategy is the screenplay to get into results. That involves the actions, initiatives, targets, approaches, budget, evaluations, structures and other details to make the goals reachable. Don’t even think of creating movement without to build a strategy and make it work.
 It’s not that difficult. When I was a kid my mom used to teach me to eat my meal by eating what I didn’t like first and leave what I liked to most for the end. So every meal I had to practice my strategy to eat all the food and leaving the table with the taste of what I liked in the mouth. I still use to do this every meal. I don’t even need to do it as a formal process, it’s natural. I just have to control the bites I give. But it’s an exercise that helps me to practice strategy. This is the idea. Controlling, connecting and directing actions we’ll be able to get where we want. We can apply it to simple things and to the important ones too. 
 There’s a way to make strategy enjoyable. Celebrate every step reached. The process can be long and it will need constant motivation. Celebration ensures that it’s good for now, but the best is at the end.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Quando você sabe pra onde está indo, vai fazer todo esforço pra chegar lá. Normalmente tem mais de uma opção. O liderativo vai fazer o seu melhor para alcançar os alvos. Tão importante quanto alcançar os alvos é o processo de chegar lá. Sabemos que os alvos vão ser resultado dos esforços investidos.
 Pra quem não gosta de desperdiçar energia, criar uma estratégia é a melhor maneira de concentrar e direcionar a energia investida no processo. A estratégia é o roteiro para chegar nos resultados. Envolve ações, iniciativas, foco, abordagens, orçamento, avaliações, estruturas e outros detalhes para tornar os alvos alcançáveis. Nem pense em criar movimento sem montar um estratégia e trabalhar nela.
 Não é tão difícil. Quando era criança minha mãe me ensinou a comer a refeição comendo primeiro o que não gostava e deixando o que mais gostava pro final. Em cada refeição eu praticava minha estratégia para comer toda comida saindo da mesa com o gosto do mais gostoso na boca. Ainda faço isso em cada refeição. E não é um processo formal, é natural. Só preciso controlar as garfadas. Na verdade acaba sendo um exercício para praticar estratégia. Essa é a idéia. Controlar, conectar e direcionar ação para chegarmos onde queremos. Podemos aplicar isso a coisas simples e a coisas importantes também.
 Dá pra fazer a estratégia agradável. Comemore cada etapa concluída. O processo pode ser longo e vai precisar de constante motivação. Celebrar assegura que está bom até agora, mas o melhor está no fim.
É isso.
Denison 

BRENDON LEIGH

🇺🇸 Do you know people wonder what would be the best version of life, the real or the fantasy? Every day we’ve seen that the reality is being taken by the virtuality and this is another huge challenge we’ll have to face and watch from now on. The newer generation will tell the story.
 When virtuality turns into reality it goes to the news. Brendon Leigh is the two times F1 Esportes world champion. He won in 2017 and 2018. In 2019 he was hired by a real race team in England to drive one of the cars as a real pilot. He went to the tests, three race competition. On the first race he finished in forth and on the second race he crashed the car. Don’t get me wrong, I’m not kiboshing the guy here, even legend pilots crashed their cars too. Let’s be positive, and take this experience to think a little.
 It’s obviously that reality and fantasy are not the same. It’s one thing to be in front of a big screen, or dealing with fake money, or playing a character in a RPG, but get into the real experience, with the tension, the pressure, the emotional, financial and physical impacts can result into something completely different. The truth is that we are facing a time when we’ll need to deeply understand these two dimensions so we’ll be able to incorporate one to another with the less damage possible. As I’ve mentioned before, this is a story which is going to be told in the future. Let’s keep wishing for the best. 
 All the things will happen in reality level. People are allowed to play their games, have fun, if they like it. But when your car spins in the track, you won’t care about the seat belt if you’re seated in the couch.
That’s it.
Denison 

🇧🇷 Você sabe que tem gente que questiona qual seria a melhor versão da vida, a real ou a fantasia? Cada dia temos visto que a realidade está sendo tomada pela virtualidade e este é outro grande desafio que teremos que enfrentar e assistir daqui pra frente. A nova geração vai nos contar a história.
 Quando virtualidade se torna realidade vira notícia. Brendon Leigh é o bi campeão mundial de F1 Esportes. Ele venceu em 2017 e 2018. Em 2019 foi contratado por uma equipe de corrida na Inglaterra para dirigir um dos carros como piloto de verdade. Foi para os testes, três corridas. Na primeira ele terminou em quarto e na segunda ele bateu. Não me leve a mal. Não estou azarando o rapaz, mesmo porque grandes pilotos também bateram seus carros. Vamos ser positivos e pensar um pouco aqui.
 É óbvio que realidade e fantasia não são a mesma coisa. Uma coisa é estar em frente à tela, ou lidar com dinheiro de brincadeira, ou ser um personagem de RPG, mas viver a experiência de verdade, com a tensão, a pressão, o impacto emocional, financeiro e físico pode dar um resultado bem diferente. A verdade é que estamos enfrentando um tempo quando precisaremos entender profundamente essas duas dimensões e sabermos incorporar uma na outra tendo o mínimo de prejuízo possível. Como eu mencionei antes, essa história será contada no futuro. Vamos continuar torcendo pelo melhor.
 Tudo acontece no nível real. Pessoas podem jogar seu jogos, se divertirem, se quiserem. Mas quando seu carro rodar na pista, você não vai se importar com o cinto de segurança se estiver sentado no sofá.
É isso. 
Denison 

WHEN REALITY COMES TRUE / QUANDO A REALIDADE ACONTECE

🇺🇸 I was impressed with the story I read recently. I don’t know if it’s because I’m from the movie generation, but I always did a very good distinction between life in the screen and reality. For me screen is for entertainment, but after internet it’s for information too. This story is beyond what I’ve seen so far.
In 2011 Amy Fry-Pitzen took her 6 years old son, Timmothy, to a road trip. Plans are to see a zoo and a water park. Three days later her body was found in a hotel room. She committed suicide leaving a note saying that her son was with people who love him and she wrote: "You’ll never find him”. The boy is lost since then. It’s horrible, because there was no clue about what happened. But in the article they said that 8 years later the boy showed up again more that 300 miles from his hometown. That’s incredible! He was wandering through a neighborhood and a young woman call the policy. He identified himself as Timmothy Pitzen saying he had escaped from two man who kept him captive for 7 years and he wanted to go home. The police took him to the hospital and he told them the whole story and even identified the kidnappers.
Just few days later I followed the link where I saw the story and something new happened. I got really frustated, but the story ends with the revelation through DNA tests that that guy wasn’t Timmoty Pitzen. Shocking. The family now is devastating again and again, nobody knows what really happened.
Having answers is very important to me. What a shocking story, that shows we are so small and impotent. I hope for Timmothy to return to his family. I always hope for better days with truthful answers.
That’s it.
Denison

🇧🇷 Fiquei impressionado com uma história que li recentemente. Não sei se é porque sou da geração dos filmes, mas sempre distingui bem entre a realidade e a telinha. Pra mim a telinha é pra diversão, mas depois da internet também serve pra informação. Essa história vai além de tudo que já vi até agora.
Em 2011, Amy Fry-Pitzen levou seu filho de 6 anos, Timmothy, pra uma viagem. Iam passar no zoológico e no parque aquático. Três dias depois o corpo dela é encontrado num hotel. Ela suicidou deixando uma nota dizendo que seu filho estava com quem o amava e disse: “Vocês nunca o encontrarão”. É horrível, porque não ficou nenhuma pista do que aconteceu. Mas no artigo diz que 8 anos depois o menino apareceu de novo mais de 500 Km distância de onde morava. É incrível! Ele estava vagando numa vizinhança e uma jovem chamou a polícia. Ele se identificou como Timmothy dizendo que havia escapado de dois homens que o mantiveram cativo por 7 anos e que queria ir pra casa. A polícia levou ele pro hospital e ele contou toda história, inclusive identificando os seqüestradores.
Poucos dias depois, eu segui o link da história e algo novo aconteceu. Fiquei mesmo frustrado, mas a história termina com a revelação por teste de DNA que o rapaz não é Timmothy Pitzen. Chocante! A família agora está devastada de novo e mais uma vez não se tem idéia do que aconteceu.
Ter respostas é importante pra mim. Que história chocante, mostra quão pequenos e impotentes somos. Espero que Timmothy volte para sua família. Espero por melhores dias com respostas verdadeiras.
É isso.
Denison