RESPECT AND CONSCIENCE // RESPEITO E CONSCIÊNCIA

“Respect germinates and blooms in our heart, for this we are all responsible for”.

Talking about respect is never enough. Our society, our relationships are based on showing respect. Yes, let's remember that respect exists in reality only when it is showed.

Before showing it, we must to develop respect as an awareness in our heart. First, by natural attitude. Every human being has the same value, importance and rights. This is how we should see every person, naturally. Second, by proactive attitude. That means each one of us is responsible for planting and nurturing our own conscience  towards showing respect, from saying "good morning", "please" and "thank you", to support people when fighting for their rights.

Do never expect that respect must start with others. It has to start in me, in you. Do not even try to answer to this with excuses, but I have to respect your rights.

That's it.

Denison

“Respeito germina e floresce em nosso coração e todos somos responsáveis por isso”.

Falar sobre respeito nunca é demais. Nosso sociedade, nossos relacionamentos são baseados em demonstrar respeito. Sim, vamos lembrar que respeito existe na realidade somente quando é demonstrado.

Antes de mostrar, precisamos desenvolver respeito como uma conscientização em nosso coração. Primeiro, por uma atitude natural. Todos têm o mesmo valor, importância e direitos. Devíamos ver cada pessoa assim, naturalmente. Segundo, por atitude proativa. Que dizer, cada um de nós é responsável por plantar e nutrir nossa consciência para mostrar respeito, desde dizer "bom dia", "por favor" e "obrigado", até apoiar os que lutam pelos seus direitos.

Nunca espere que respeito comece com os outros. Começa comigo, com você. Nem tente dar uma resposta com desculpas, embora eu respeite seu direito.

É isso.

Denison

CHILD // CRIANÇA

🇺🇸 One of the things I like about words is that they are not finished. There’s still a possibility to a new word being adopt, according to the need. Usually a new word comes from a naming an action that became popular or common or adopting a local version of that word from another language.
 It’s a process related to production, growth, that’s why words have everything to do with a plantation. And even more! Words are related to life and everyone of them gives birth to a special meaning and purpose. Just like a new life. That’s the reason today’s word is CHILD. Being named, adopted, grown, generated, all related to words and related to child as well. Two of the most precious treasures in this world.
 The word child comes from the Old English cild, “fetus”, which comes from the Proto-germanic kiltham, which means “womb”. In fact this expression kiltham means literally “child home”. A child is completely connected with life, but in special the begin of life. Not a life that appears from nothing, at once, but a life that’s been cared, cherished, protected, nurtured and expected. Everybody loves the birth of a child, to see a child growing. As they grow they can bring new perspective to every aspect of life. New discoveries, new sensations, new ideas, new actions. They are responsible for most of changes in the world.
 A child is the best representation of live. The only difference is that, in life we can be reborn anytime. Sometimes we simply forget how amazing is the privilege of being alive! 
That's it.
Denison 

🇧🇷 Uma das coisas que gosto sobre palavras é que elas não esgotam. Sempre existe a possibilidade de uma nova palavra surgir ou ser adotada. Normalmente uma nova palavra vem de nomear uma ação popular e comum, ou adotada de outra língua na versão local. Exemplo: empoderamento.
 É um processo ligado à produção, crescimento, por isso palavras têm tudo a ver com plantação. E ainda mais! Palavras têm a ver com vida e cada uma delas da vida a significados e propósitos especiais. Assim como uma nova vida. Por isso a palavra de hoje é CRIANÇA. Sendo nomeada, adotada, crescendo, gerando, tudo tem a ver com palavras e com criança também. Dois dos mais preciosos tesouros.
 A palavra criança vem do latim e é a junção de dois termos: creare, “criar” e antia, que é um sufixo que indica um estado, uma condição de ação. Portanto, criança tem o sentido de algo que foi criado e que permanece num processo dinâmico e constante, como uma criação contínua. Não se trata de um ato momentâneo, instantâneo, mas algo que é cuidado, amparado, protegido, nutrido e esperado. Todos amam o nascimento de um bebê, ver uma criança crescer. À medida que crescem dão nova perspectiva a cada aspecto da vida. Elas são responsáveis pela maioria das mudanças no mundo.
 Uma criança é a melhor representação da vida. A única diferença é que, na vida podemos renascer qualquer momento. Às vezes simplesmente esquecemos quão incrível é o privilégio de viver!
É isso.
Denison 

ONGOING MOTIVATION // MOTIVAÇÃO DURADOURA

🇺🇸 What makes you do something you have to do? Is it your sense of obligation and responsibility? You think it is, but I’m telling you it’s more than that. It’s your motivation! Motivation is the real reason we do things, make sacrifices, get committed. The source of motivation can be different, but we know how’s gonna end.
 People relate motivation with the feeling of happiness, but this is not right in every case. People can be motivated and yet feeling like they’re caring a huge burden. When people don’t want to do things, but end up doing it’s also motivation. The way people seek for motivation is to feel excited in everything they do, and maybe it’s possible, but it’ll require a specific kind of mindset. Are you motivated to do that?.
 Because there’re many different reasons that make people motivated it’s a little complicated to talk about that. What works for one person doesn’t necessarily work for the other. The clue is that everyone want to get something done and the reward is the sense of comfort. Yes, been uncomfortable is the root of motivation. Uncomfortable with the current situation or with the feeling for not getting there. Motivated people are uncomfortable people. They’ll try something until the condition is over. It’s like adjusting the rearview mirror. You won’t stop to move it until it’s fixed. It’s not about emotions, it’s about discomfort.
 To get the ongoing motivation you have to move yourself to the “discomfort zone”. There is where you find the condition to be motivated, because the sense that the mirror is not perfectly adjusted will continue. 
That's it.
Denison 

🇺🇸 O que leva você a fazer algo? Seu senso de obrigação e responsabilidade? Isso é o que você pensa, mas pode ser ainda algo mais. É a sua motivação! Motivação é a real razão porque fazemos coisas, realizamos sacrifícios e nos comprometemos. A fonte pode ser diferente, mas sabemos como termina.
 Alguns relacionam motivação com sentimento de alegria, mas não é assim sempre. Pessoas podem estar motivadas e ainda sentirem que estão carregando um fardo. Não querer fazer coisas e acabar fazendo também é motivação. Pessoas buscam motivação tentando se sentir animadas em tudo que fazem e talvez seja possível, mas vai requerer certo tipo de mentalidade. Você tem motivação pra isso? 
 Por existirem razões diferentes para pessoas se motivarem, falar sobre isso fica meio complexo. O que funciona pra alguém pode não funcionar pra outro. A dica é que todo mundo quer realizar algo e a recompensa é o senso de conforto. Então, estar desconfortável é a raiz da motivação. Desconforto com a atual situação, ou com a sensação de não conseguir o que quer. Pessoas desconfortáveis são pessoas motivadas. Vão tentar algo até conseguirem. É como ajustar o espelho retrovisor. Você não vai parar de mexer nele até que esteja no jeito. Não tem a ver com emoções, tem a ver com desconforto.
 Para ter motivação duradoura você precisa entrar na “zona de desconforto”. Lá é onde vai ter condições de ter motivação, porque a sensação de que o espelho não está perfeitamente ajustado vai continuar. 
É isso.
Denison