FEAR AND SOLUTION // MEDO E SOLUÇÃO

“Facing our fears is not a simple solution, but there is no solution without it.”

What fear can cause us is more complicated than we can imagine. Basically because every person has different reactions and every situation of fear might have a different impact too. That is why facing fear is not simple.

The intention of make it simple might be a way to help those in fear to have bigger motivation to do it and usually doesn't work. It is difficult to say that there is a best way to face fears. The best we can say is that is a process and every process needs to go through its steps. It is possible to do that alone or having help. It is also difficult to say how long is going to take, but good results can be achieved for sure. Probably the most difficult part is to reach the point of facing fear. It might happen that we will find out that the problem wasn't that big and fear was overrated.

Living under the realm of fear is cruelty, no one deserves it. The road to true freedom is totally worth taking.

That's it.

Denison

“Enfrentar nossos medos não é uma solução simples, mas não existe solução sem isso.”

O que o medo pode nos causar é mais complicado do que imaginamos. Basicamente porque cada pessoa tem reações different e cada situação de medo pode ter um impacto diferente também. Por isso enfrentar o medo não é simples.

A intenção de fazer simples pode ser uma forma de ajudar os que têm medo a ter maior motivação para faze-lo e normalmente não dá certo. É difícil dizer que existe a melhor maneira de enfrentar os medos. O melhor que podemos dizer é que é um processo e todo processo precisa seguir seus passos. É possível fazer sozinho ou recebendo ajuda. Também é difícil dizer quanto tempo vai levar, mas bons resultados podem ser alcançados. Provavelmente o mais difícil é chegar no ponto de enfrentar o medo. Pode acontecer de descobrirmos que o problema não era tão grande e o medo exagerado.

Viver sob o domínio do medo é crueldade e ninguém merece isso. O caminho para a verdadeira liberdade realmente vale à pena.

É isso.

Denison

HOPE AND FEAR // ESPERANÇA E MEDO

“It requires more energy to spread hope than fear”.

No, this is not a message to kill hope or motivation. This is a message to show how much we need to do to make a better world. Hope and fear are related to possibilities. Both can happen depending on what we do to allow it.

In fact, the intention here is to add a little more energy on spreading hope. Although hope and fear are possibilities, they spread in a different pace. Because our mind is more focused on defending our survival than on expanding our possibilities, we are more tempted to react to the signs of fear. Not only this, but we are also more willing to share fear to others. And so the chain of fear grows. This is why when we are trying to spread hope we need to create events, shows, invite famous people to join, use all types of media channels, develop a high level of attraction, which ends up making it more difficult.

That is why we can't give up. Maybe, if we find a better way to make our energies more productive and lasting, we can turn that game around.

That's it.

Denison

“Se requer mais energia para espalhar esperança do que medo”.

Não, esta não é uma mensagem para acabar com a esperança. É uma mensagem para mostrar o quanto precisamos fazer para melhorar o mundo. Esperança e medo tem a ver com possibilidades. Ambos podem acontecer dependendo do que fizermos para permitir.

Na verdade, a intenção aqui é adicionar um pouco mais de energia em espalhar esperança. Embora sejam possibilidades, se espalham em ritmo diferente. Porque nossa mente é mais focada em defender nossa sobrevivência do que expandir nossas possibilidades, somos mais tentados a reagir aos sinais de medo. Não só isso, também somos mais dispostos a partilhar o medo com outros. Por isso quando queremos espalhar esperança temos que criar eventos, shows, convidar famosos para participar, usar todos os tipos de canais de mídia, desenvolver um alto nível de atração, o que faz ficar mais difícil.

Por isso não podemos desistir. Talvez, se acharmos uma maneira melhor de tornar nossas energias mais produtivas e duradouras, poderemos virar esse jogo.

É isso.

Denison

POWERFUL ACTIONS // AÇÕES PODEROSAS

“Simple, practical and easy actions are more powerful than we think”.

Sometimes we use to think we need to do complicated things to have better results. This is not a rule to be followed. Usually, complicated things do not motivate other people, because they think it is too complicated to do it.

One of the best things to make people impressed is through simple things. Usually people say: "But it is so simple!" And that is the trick. Simple, practical and easy actions have so sort of magic. I remember one time we invite a man to demonstrate screen printing to a grupo of teenagers. It was so funny when he pressed the paint and lifted the screen and all teenagers said: "Wow!" It was so simple, but the impact was powerful over everyone.

Start with simple, practical and easy actions and you will see the impact on others. Just like a screen print, you will see people duplicating a lot.

That's it.

Denison

“Ações simples, práticas e fáceis são mais poderosas do que pensamos”.

Às vezes pensamos que precisamos fazer coisas complicadas para ter melhores resultados. Isso não é uma regra a ser seguida. Normalmente, coisas complicadas não motivam outras pessoas, porque pensar ser muito complicado de fazer.

Uma das melhores coisas para impressionar pessoas é através de coisas simples. Normalmente dizem: "Mas é tão simples!" Esse é o truque. Ações simples, práticas e fáceis têm um tipo de magia. Lembro uma vez que convidamos alguém pra ensinar silk screen a um grupo de adolescentes. Foi muito engraçado quando ele passou a tinta e levantou a tela e todos os adolescentes disseram: "Uau!" Era tão simples, mas o impacto foi poderoso em todos.

Comece com ações simples, práticas e fáceis e você vai ver o impacto nos outros. Como no silk screen, logo vai ver as pessoas duplicando bastante.

É isso.

Denison

POTENTIAL AND HELP // POTENCIAL E AJUDA

“We develop people’s potential by helping them use it”.

How was your experience helping somebody to develop her/his potential? What did you do? Did it work? How did you feel after helping that person? Would you like to do it again?

Helping others is an amazing experience! There is no chance for us not being who is going to learn and grow the most. Of course, the person being helped will be tremendously benefited from our help and let's keep in our mind, this is the main goal. It is important to overcome the temptation of interfering or ending up doing for the other person. The more we help her doing for herself, the better will be her development. Everybody has a potential to be developed.

There is no need to do too much. If we are able to be there, supporting and encouraging, this will be a huge motivation to others.

That's it.

Denison

“Desenvolvemos o potencial das pessoas ajudando-as a usá-lo”.

Como foi sua experiência quando ajudou alguém a desenvolver o potencial? O que você fez? Funcionou? Como se sentiu depois de ter ajudado a pessoa? Gostaria de fazer de novo?

Ajudar outros é uma experiência incrível! Não tem chance de não sermos os que vão aprender e crescer mais. Claro que a pessoa sendo ajudada vai ser tremendamente beneficiada com nossa ajuda e vamos mante em mente que esse é o objetivo. É importante resistir à tentação de interferir ou acabar fazendo pela outra pessoa. Quanto mais ajudarmos a fazer por si mesmo, melhor vai ser o desenvolvimento. Todo mundo tem um potencial a ser desenvolvido.

Não é preciso fazer muito. Se formos capazes de estar lá, apoiando e encorajando, isso já vai ser uma grande motivação para ou outros.

É isso.

Denison

TRUST AND QUALITY // CONFIANÇA E QUALIDADE

“When we establish a standard of trust, we have a standard of quality and vice-versa”.

Excellence is not only about how we do things, but also about the impact we cause in others. This is related to customers and also to our peers. The more we trust, the better we produce and the better we connect.

It is important to put quality and excellence in what we are doing. It is more important when we establish a standard that identifies what we are doing. Everyone has a connection with brands that represent quality in their mind. That level of trust is considered a conquest. The same connection is important when people are working together. Having a standard that represents what they are doing creates high level of motivation and turn into more quality.

We can impact people making them to develop trust in what we do. This is the highest level in quality. The stronger the connection, the higher we can reach.

That's it.

Denison

“Quando estabelecemos um padrão de confiança, temos um padrão de qualidade e vice versa”.

Excelência não se trata só do que fazemos, mas também do impacto que causamos nos outros. Isso tem a ver com clientes e também colaboradores. Quanto mais confiamos, melhor produzimos e melhor conectamos.

É importante colocar qualidade e excelência no que fazemos. É mais importante quando estabelecemos um padrão que identifica o que estamos fazendo. Todo mundo tem uma conexão com marcas que representam qualidade na mente. Esse nível de confiança é uma conquista. A mesma conexão é importante quando pessoas trabalham juntas. Ter um padrão que represente o que eles estão fazendo cria um alto nível de motivação e gera mais qualidade.

Podemos impactar pessoas fazendo com que desenvolvam confiança no que fazemos. É o auge da qualidade. Quanto mais forte a conexão, maior o alcance.

É isso.

Denison

ATTENTION AND LEARNING // APRENDIZADO E ATENÇÃO

“How to develop learning ability when there is lack of attention?”

Paying attention is the basics to develop learning. Of course, learning depends on many other aspects, but it is really hard to learn if we are not paying attention.

That is why "noise" is considered one of the factor in communication. Everything that causes any interference, in this case, distraction, is considered noise and will affect negatively in the outcome, in this case, learning. Attention and motivation are closely related. Usually distraction comes from the lack of motivation in a subject. This is the reason why it is necessary to build the learning process considering the factor directly related to motivation.

Although motivation can vary from person to person, there are some stimulus common to most of people, like being rewarded. That could be a start.

That's it.

Denison

“Como desenvolver a habilidade do aprendizado com falta de atenção?”

Prestar atenção é o básico para desenvolver o aprendizado. Claro que, aprender depende de muitos outros fatores, mas é muito difícil aprender se não estamos prestando atenção.

Por isso que "ruído" é considerado um dos fatores da comunicação. Tudo que causa qualquer interferência, nesse caso, distração, é considerado ruído e vai afetar negativamente o resultado, nesse caso, o aprendizado. Atenção e motivação estão diretamente relacionados. Normalmente distração vem da falta de motivação em um assunto. Essa é a razão porque é necessário elaborar o processo do aprendizado considerando os fatores diretamente ligados à motivação.

Embora motivação possa variar de pessoa para pessoa, alguns estímulos são comuns para a maioria delas, tipo ser recompensado. Pode ser um começo.

É isso.

Denison

BOREDOM // TÉDIO

🇺🇸 I have this idea that working in a field is tough. Of course that idea comes from the past, when people had no access to today’s technologies. Usually we keep the image of a handwork. I remember to visit “brother" Davino, in Tupã, working under the sun in his peanut plantation. I know how hard he did.
 Different from him, I’m from the city. I think most of the city boys would think that work in a field under the sun, digging the soil, pushing a plowshare to open the holes and spreading the seeds, wouldn’t bring any motivation. Most of them are used to play video games, or play in the concrete, or inside the house, not doing any tough handwork. Usually after doing something different from that they will say: “I'm bored!”  
 This is today’s word: BOREDOM. We’ve heard so much this word lately and I’m pretty sure some grown ups get very irritated with it. To be bored is a state where nothing is enough to please us. The word comes from the proto-germanic burōną, which means “to pierce”. Have you seen a ratchet brace? It’s a kind of drill that we use to make a hole in a wood piece, by rotating a U-shape grip. If you’re working with something like that you have to spend a long time stand, just rotating the grip. Soon you’ll be bored. We try to make life so exciting with enthusiastic actions, that we can’t handle common activities anymore. 
 The boredom state is what makes us try something different. So it’s not bad at all to get bored sometimes, if that creates in us the desired to something better, like to get an electric drill to make holes more easily.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Tenho a idéia de que trabalhar no campo é duro. Claro que essa idéia vem do passado, quando não havia acesso às tecnologias de hoje. Normalmente temos a imagem de um trabalho manual. Lembro do “irmão” Davino, em Tupã, dando duro na sua plantação de amendoim. Sei o quão duro ele trabalhava.
 Diferente dele, sou da cidade. Acho que a maioria dos criados em cidade achariam que trabalhar no campo, debaixo do sol, cavando, arando a terra, abrindo buracos e jogando sementes, não traz motivação. A maioria deles está acostumada com video games, brincar no concreto ou dentro de casa, sem dar duro. Normalmente depois de fazer algo diferente já reclamam que estão com tédio.
 Esta é a palavra de hoje: TÉDIO. Às vezes irrita ouvir gente reclamando que está cansada, com tédio de fazer qualquer coisa. Tédio é um estado de espírito onde nada satisfaz. A palavra vem do latim taedere, que significa “cansar” e tem relação o grego sikkhos, de “algo que é doentio”. Quando a gente está doente não tem disposição pra nada. Já o estado de tédio vai além da doença, porque pode se tratar de uma indisposição para fazer algo, só que é uma indisposição de origem na mente, uma falta de vontade. Isso é pior do que estar doente. A gente não encontra o remédio para essa condição na farmácia.
 O estado de tédio pode nos levar a tentar algo diferente. Não que seja tão ruim sentir tédio de vez em quando, se despertar uma vontade por algo melhor. Ainda bem que o remédio não está na farmácia.
É isso.
Denison 

SETTING UP GOALS // ESTABELECENDO ALVOS

🇺🇸 The leaderactive considers a lot of things when doing the job, but everything that is done has one main focus: to create movement. This is different of starting a cause. Creating movement is to get people involved to reach a better condition. Once it reached another possibility will arise to move even beyond.
 When we’re moving people an important thing is to know how to work with goals. Everybody is motivated by goals. Not everybody is motivated by the same kind of goals. That’s why the process of setting up goals isn’t an easy thing. Goals should burst people to get there and if that can generate a new motivation it’s even better! So let’s get into the process and work the best way to set up goals and motivating people.
 Do you like soap operas? Oh boy! Some people wouldn’t answer this question not even under torture! Well, think about setting up goals like a soap opera. Usually it’s a long story, but the producers develop the plot by chapters and every chapter has a new, surprising and amazing detail, so the viewer won’t miss it for anything. Every chapter will increase the plot and generating a new motivation. So goals work the same way. You have your main goal, which is the end of the story, but you should establish small goals, like the chapters, making that every new goal reach something bigger and lead to the following one. 
 Nobody reaches nowhere if the setting goal process is neglected. Do you know what happen to a soap opera when the audience drops? They kill somebody in the story. Goals will keep the movement alive!
That's it.
Denison 

🇧🇷 O liderativo considera um monte de coisas quando realiza seu trabalho, mas tudo que é feito tem um foco: criar movimento. Isso é diferente de começar um causa. Criar movimento é envolver pessoas para alcançarem uma condição melhor. Quando conseguem, uma nova possibilidade surge para ir mais além.
 Ao mobilizar pessoas uma importante coisa é saber como trabalhar com alvos. Todos são motivados por alvos. Nem todos são motivados pelos mesmos alvos. Por isso o processo de estabelecer alvos não é fácil. Alvos deveriam animar pessoas a chegar lá e se puderem gerar nova motivação é ainda melhor! Vamos entrar no processo e entender a melhor maneira de estabelecer alvos e mobilizar pessoas.
 Você gosta de novelas? Ai, ai! Tem gente que não admite isso nem debaixo de tortura! Bom, pense em estabelecer alvos como uma novela. Normalmente é uma longa história, mas quem produz desenvolve a trama por capítulos e cada capítulo tem um novo, surpreendente e incrível detalhe, para o telespectador não querer perder por nada. Cada capítulo aumenta a trama e gera nova motivação. Alvos funcionam igual. Você tem seu alvo principal, que é o final da história, mas você deveria estabelecer alvos menores, como capítulos, fazendo cada novo alvo alcançar algo mais e conduzir à próxima etapa.
 Ninguém alcança nada se negligenciar o processo de estabelecer alvos. Sabe o que acontece quando uma novela perde a audiência? Ele matam alguém na história. Alvos vão manter o movimento bem vivo! 
É isso.
Denison 

TEAM WORK // TRABALHO EM EQUIPE

🇺🇸 Team working is not an important subject on leadership. In fact, team working is a natural aspect of leadership. There’s no leader with no followers. But leadership is not only having people following, it’s also moving people to a better condition and this cannot be done by the leader alone.
 Some people like to work alone, but not the leaderactive. Creating movement requires integration and leaderactivity is focused on keeping everyone engaged. There are few challenges in team working. The first one is the diversity, which means differences. The other the is to leverage every member of the group to the level the group is suppose to work. The third one is to develop a good and fair reward system. 
 There’re a lot of ways to explain team working, and I'll mention the remote control keyboard. Every key in the remote has its own shape and function, which correspond to the first and second challenge, diversity and leverage. When you have the control in your hand you can identify the key by its shape then use it according its function. The reward system is the battery that feeds every key with the enough energy. When the reward system fails, the team doesn’t work. The leaderactive knows every member of the team personally, knows exactly what everyone can do and give them the right source of motivation.
 People are not buttons with a well defined shape, that we can give the same motivation and push them so everything will work. People are even better than this. A team of people can create that remote control.
That’s it. 
Denison 

🇧🇷 Trabalho em equipe não é um importante assunto em liderança. Na verdade, é um aspecto natural dela. Não existe líder sem seguidores. Mas liderança não é apenas ter seguidores, é também mover pessoas para uma condição melhor e o líder não pode fazer isso por si só.
 Algumas pessoas gostam de trabalhar sozinhas, mas não o liderativo. Criar movimento requer integração e lideratividade é focada em manter todos engajados. Trabalho em equipe tem desafios. Primeiro é a diversidade, que quer dizer diferenças. O outro é nivelar a ação de cada membro do grupo ao nível que o grupo deve atuar. O terceiro é desenvolver um bom e justo sistema de recompensa.
 Existem várias maneiras de explicar trabalho em equipe e vou mencionar o teclado do controle remoto. Cada tecla tem sua forma e função, o que correspondem aos dois primeiros desafios, diversidade e nivelamento. Quando você tem o controle nas mãos você pode identificar cada tecla pelo formato e usa-las de acordo à função. O sistema de recompensa são as pilhas que alimentam cada tecla com energia. Quando o sistema falha, a equipe não funciona. O liderativo conhece cada membro da equipe pessoalmente, sabe exatamente o que cada um pode fazer e usa a correta fonte de motivação.
 Pessoas não são botões com forma definida, que damos o mesmo tipo de motivação e apertamos pra que tudo funcione. Pessoas são melhores que isso. Um time de pessoas pode criar o controle remoto.
É isso. 
Denison 

GIVING FEEDBACK // DANDO FEEDBACK

🇺🇸 Leadership is a process. It can start with a personal charisma, but the true leadership, leaderactivity, is built over time and actions. Time transforms, actions solidify. The leaderactive needs both, because to create a movement is a continuing process relevant and strong.
 To get there we need to constantly evaluate what we’re doing. That’s why feedback is so important. Receiving and giving. Everybody expect the leader to give feedbacks, because the leader has the vision the aligns everything. The leader should be open to receive feedback too and accept the differences of opinion. The leaderactive will process and structure the best path to reach the goals.
 So let’s understand what’s feedback? It’s not to point to the problems. That's criticizing. It’s not to give compliments either. That’s is adulation. Feedback is to check if the person knows what’s going on. If you’re giving feedback you start with questioning what the person knows about what to do and what have been done. According to the answers you will address your observations. Remember, giving feedback is about what the person is missing. It’s like when you go to a store and at the time of paying they tell you they only accept cash and you only have credit cards with you. If you didn’t know what could you do? 
 Giving feedback is important for the leader to make sure that the leadership role has been made completely, because even the money that you have may not be useful at any time or in any situation.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Liderança é um processo. Pode começar com o carisma pessoal, mas a verdadeira liderança, lideratividade, é construída com o tempo e ações. Tempo transforma, ações solidificam. O liderativo precisa de ambos, porque criar movimento é um processo constante relevante e fortalecedor.
 Pra chegar lá precisamos de contente avaliação do que fazemos. Por isso feedback é importante. Dar e receber. Todos esperam que a liderança dê feedback, porque com o líder está a visão que alinha tudo. A liderança deveria estar aberta para receber feedback também e aceitar as diferenças de opinião. O liderativo vai processar e estruturar o melhor caminho para alcançar os objetivos.
 Vamos entender o que é feedback? Não é apontar os problemas. Isso é criticar. Também não é ficar elogiando. Isso é bajulação. Feedback é checar se a pessoa sabe o que está acontecendo. Se você da feedback deve começar questionando o que a pessoa sabe sobre o que fazer e o que foi feito. De acordo com as respostas você vai direcionar as observações. Lembre, dar feedback é sobre aquilo que a pessoa está deixando de fazer. É como quando você vai à uma loja e na hora de pagar eles dizem que não aceitam cartão e você não tem dinheiro com você. Se você não sabia, o que vai poder fazer?
 Dar feedback é importante para o líder ter certeza que o papel da liderança foi realizado completamente, porque até mesmo o dinheiro que você tem pode não servir em todo lugar e em toda situação. 
É isso.
Denison