JUICE MAKER // CENTRÍFUGA

🇺🇸 I have a juice maker at home and I love it. I love what it does and how it does. Personally, I like to take the fruits or vegetables, cut home a put in the juice maker to see the juice filling the cup. I even like to wash it after use it and leave it in perfect use for the next time. I’ll tell you what it so interesting to me in that.
 I believe in transformation. For me is one of the most fascinating experiences in life, is when I see anything being transformed into something else. Specially when I see transformation in a person. We were created with the capability to grow, to develop, to improve and I see transformation as part of these processes. And that’s what I see when I am using the juice maker. I see transformation.
 But the interesting thing is that in this case the transformation is not about turning the fruit into something different. It’s the transformation of its condition. When a fruit becomes a liquid it’s because that liquid was in the fruit. The machine only work to bring out that part of the fruit. I don’t believe people can be transformed into something they are not. What happens is we can bring out of people characteristics they have and those characteristics can represent a transformation in them. If we’re able to make people show the best of what they are we create a power to make them love the best of what they can do.
 There’s no better felling when we love what we’re doing. The results are always amazing too. But people are not like fruit. After squeeze a fruit, we trow it off. We should never trow people off. Never!
That's it.
Denison 

🇧🇷 Tenho uma centrífuga em casa e amo ela. Amo o que ela faz e como ela faz. Pessoalmente, gosto de pegar frutas e vegetais, cortá-los e colocar na centrífuga pra ver o suco encher o copo. Até gosto de lavar a centrífuga pra deixar ela pronta pra usar de novo. Vou dizer porque acho tão interessante isso.
 Acredito na transformação. Pra mim, é uma das mais fascinantes experiências na vida. Quando vejo qualquer coisa sendo transformada em algo mais. Especialmente quando vejo transformação em uma pessoa. Fomos criados com a capacidade de crescer, desenvolver, melhorar e vejo transformação como parte desses processos. É o que eu vejo quando uso a centrífuga. Vejo transformação.
 Mas é interessante que nesse caso a transformação não é tornar a fruta em algo diferente do que ela é. É a transformação de uma condição. Quando a fruta se torna em líquido é porque o líquido estava dentro dela. A máquina só extraiu aquela parte da fruta. Não creio que pessoas se transformem em algo que não sejam. O que acontece é que podemos extrair das pessoas características que elas têm e essas características podem representar transformação para elas. Se formos capazes de ajudar as pessoas a mostrarem o seu melhor, criamos um poder que fará com que amem o que de melhor podem fazer.
 Não tem melhor sentimento do que fazer o que se ama. Resultados sempre vão ser incríveis. Mas frutas não são pessoas. Esprememos a fruta e jogamos o resto fora. Não fazemos isso com pessoas. Nunca! 
É isso.
Denison 

FITTING ROOM // PROVADOR DE ROUPA

🇺🇸 Fitting rooms are the last frontier for clothes shoppers. The battle between physical stores and online stores is getting harder and harder. A lot of people still hesitate to purchase clothes online because they like to try them. Online stores are trying services that shoppers can try clothes at home before buy them.
 The old said says: “all is fair in love and war”, so this is a sales war. Now some physical stores are fighting back. Big department store chains are investing a lot of money in the fitting rooms of the future. The idea is the shopper doesn’t need to take any clothes to the fitting room. They’ll have smart mirrors that show the person in any outfit she wants with just a touch of a finger tip. What about that?  
 Stores executives say that the fitting room is one of the places where most of the buying decisions are made. I think we all agree with that. A person goes to the fitting room with a lot of items. She tries everything, call the other person who is with her to give the opinion. Sometimes tries the same item again and at the end leaves most of the items behind, if not all of them. So the idea is to make the shopping experience more enjoyable and of course, more effective to the store. Sometimes we see ourselves in the place of decisions. That place could be a moment, a situation or an impacting experience. 
 How would you want to leave “life’s fitting room”? We use to bring a lot of things in there, but in life we can’t try everything. We need to improve our sense of making choices. You can try that for shopping clothes too.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Provadores são a última fronteira para compradores de roupas. A batalha entre lojas físicas e lojas virtuais está cada vez mais forte. Muitas pessoas hesitam em comprar roupas online porque querem provar as roupas. Lojas online estão oferecendo serviço de provar as roupas em casa antes de comprar.
 O velho ditado diz: “na guerra e no amor vale tudo”, e é uma guerra de vendas. Agora as lojas físicas estão reagindo. Grandes lojas de departamento estão investindo muito dinheiro em provadores do futuro. A idéia é que quem compra não precisa levar nada para o provador. Eles vão ter “espelhos inteligentes” que mostrarão a pessoa com as roupas que escolher, com apenas o toque da ponta do dedo. Que tal?
 Executivos dizem que provadores de roupa são lugares onde a maioria das decisões são feitas. E acho que concordamos com isso. A pessoa vai ao provador com vários ítens. Prova todos, chama a pessoa que está com ela para dar a opinião. Às vezes prova a mesma peça de novo e termina deixando a maioria dos ítens lá, quando não deixa todos. A idéia é fazer a experiência de comprar roupas mais agradável e, é claro, mais efetiva para as lojas. Às vezes nos vemos em lugares de decisão. Esses lugares podem ser um momento, uma situação, ou uma experiência impactante.
 Como gostaria de sair do “provador da vida”? Levamos muita coisa pra lá, mas na vida não dá pra provar tudo. Temos que desenvolver o senso de fazer escolhas. Você pode tentar isso ao comprar roupas também.
É isso.
Denison