PAY-PER-POUND BUFFET // COMIDA POR QUILO

🇺🇸 A lot of people are not familiarized with the concept of eating meal paid-by-pound. It’s a very interest concept to have a nice meal and not worry if you paid too much for the food you ate. There’s some situation where at the beginning is wonderful, but after eating you feel like you paid more that you ate.
 This concept of pay-per-pound buffet was invented in Brazil and became very popular there. In Brazilian culture the meal, specially lunch time, is a special occasion. Brazilians can’t live with the idea of “food was't enough”. Tables must to be full of every kind of food and people must eat as much as they can handle and there’d be always someone asking you to eat “a little bit more” and giving you a portion to go.
 The problem is that an all-you-can-eat buffet is expensive, because there’s a lot of wasting and the owner has to add that in the price and most of the people is not crazy hungry to eat all. So someone in somewhere came up with this very creative idea of you put what is enough for you in your plate, weight it and pay for the proportion. If you eat more you pay more, if less you pay less. Everybody wins. Some people consider life as a competition, which isn’t. Life is sharing, because someone’s defeat can mean something bad even for the winner. If you’re looking for a better way of living, win-win is the way.
 That’s possible, but is difficult. When we have a big plate in our hands we have the temptation to fill every inch of it with food. Like being in front a buffet, win-win requires us to give up some food we don’t need.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Fora do Brasil as pessoas não estão muito familiarizadas com a idéia de comer comida por quilo. Pelo menos não nos Estados Unidos. Acho que é uma questão mais de cultura mesmo. Alguns se familiarizam mais fácil, enquanto outros resistem. A idéia é muito boa e deixa uma sensação de justiça.
 Não sei dizer quem inventou nem onde foi inventado, mas no pouco que pesquisei deu pra notar que é algo realmente relacionado com a cultura brasileira. Essa coisa que brasileiros têm de fartura na hora da refeição, de que é melhor sobrar do que faltar. Pagar por quilo ajuda a aliviar a sensação não tão agradável que se tem quando, depois de pagar a conta, pensar que pagou bem mais do que comeu.
 O problema com os serviços de buffet é o desperdício de comida. No final a comida que não se come tem que ser incluída no preço também. Nem todo mundo come “feito um condenado” pra fazer valer tudo que pagou. Já pra quem come pouco não compensa. Nessa caso, tranquiliza a cabeça de todo mundo, por saber que o que foi pago foi proporcional ao que se comeu. Todo mundo sai ganhando. Alguns consideram a vida como uma competição, mas não é. Viver é partilhar, porque a derrota de alguém pode também causar mal ao vencedor. Pra quem quer uma maneira melhor de viver, “ganha-ganha” é opção.
 É possível, mas é difícil. Quando temos um prato grande nas mãos somos tentados a encher ele com comida. Como estar diante de um buffet, ganha-ganha requer abrir mão da comida que não precisamos. 
É isso.
Denison 

DISPUTE / DISPUTA

🇺🇸 It started with physics. “Two bodies cannot occupy the same space at the same time”, which is not exactly Pauli’s Law of Exclusion. But in general matter, we understand this issue involving two or more solid bodies trying to do that. The law doesn’t create the situation, just reveal it and explain it.
That situation drives us to another one. What happens when those two bodies decide to take that such space? It creates friction, and friction produces heat. This new situation involves the word I want to talk about today. The word is DISPUTE. As a seed, what kind of fruits can we get from it? 
Dispute is a tentative to win something over another one. It can be an arguing, a physical fight, a lawful confrontation, a competition, a contest, a strive against something, a form of opposition, a debate, a controversy or a difference of opinion. Basically the same meaning applied to different situations.
The thing about dispute is, who’s going to win? In every situation of dispute, that’s what most of people will ask. Because, in a dispute, who wins has the reason, the strength, the rights and we like that. We are motivated by victory. We are so motivated by winning that someone came up with an even better solution: the win-win situation! Everybody can dispute and everybody wins. It’s fun for everyone! 
What anyone cared, is to create a way to deal with the lose-lose situation. In a dispute something get lost in every side and even winners felt like they've lost. I wonder, what would you do in a case like that. 
That’s it.
Denison

🇧🇷 Começa com a física. “Dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo”, o que não é exatamente o princípio da exclusão de Pauli. Mas em geral, entendemos esse tema envolvendo dois ou mais corpos sólidos tentando fazer isso. A lei não cria a situação, apenas revela e explica.
Essa situação nos leva a outra. O que acontece quando esses dois corpos decidem tomar o tal espaço? Cria atrito e atrito produz calor. Essa nova situação envolve a palavra sobre a qual vou falar hoje. A palavra é DISPUTA. Como uma semente, que tipo de frutos podemos ter dela?
Disputa é a tentativa de vencer algo sobre alguém. Pode ser argumentação, luta física, confrontação judicial, competição, concurso, esforço contra algo, forma de oposição, debate, controvérsia ou diferença de opinião. Basicamente o mesmo significado aplicado a situações diferentes.
A questão sobre disputa é, quem vai ganhar? Em cada situação de disputa, é o que a maioria vai perguntar. Porque, numa disputa, quem ganha tem a razão, a força, os direitos e gostamos disso. Somos motivados pela vitória. Somos tão motivados por vencer que alguém veio com uma solução ainda melhor: a situação ganha-ganha! Todos podem disputar e todos ganham. Diversão pra todo mundo!
O que não se criou foi como lidar com o perde-perde. Numa disputa algo vai ser perdido em cada lado. As vezes quem ganha também se sente derrotado. Fico imaginando o que você faria num caso assim.
É isso.
Denison