PAPER ROLL // BOBINA DE PAPEL

🇺🇸 Paper is one of the most important inventions through out history. Although some believe that we’re near to the paperless era, paper will continue making part of our life for a long time. Paper is useful to countless situations. But it’s also important to preserve the nature, so let’s support paper recycling too.
 Of course, you are familiarized with paper rolls. I’m talking about those rolls used by calculators, or credit card terminas or a registering machines. I don’t know if you already noticed the sometimes the paper comes with pink stripes. Maybe you know why, I think it’s pretty obvious, but I think it’s a very smart way to prepare the person who’s operating the machine to replace the paper roll before it ends completely.
 The idea is to avoid paper run out while still printing the receipt. Smart idea. I like smart ideas like that. Ideas that make a lot of difference in life, although are very simple. But besides the idea, is its usefulness, the way it solves a situations that could make us embarrassed. Imagine if we have this help for every situation that involves our future. Always be warned of what is about to come, specially when it’s the end that is coming. In fact, a little different from the roll paper, we can develop this ability to look to what’s going on and understand where the happenings are being led. It’s a way to be prepared for everything.
 Surprises are things that not everybody likes. Because the surprise can be not good at all. But if we can see a pink stripe suddenly appearing, it can gives us time to do something necessary before it’s too late. 
That's it.
Denison 

🇧🇷 Papel é uma das mais importantes invenções da história. Embora alguns achem que estamos próximos da era “sem papel”, papel ainda vai fazer parte de nossa vida por um bom tempo. Papel é útil para inúmeras situações. Mas também é importante preservar a natureza, então vamos apoiar a reciclagem.
 Claro, você está familiarizado com bobinas de papel. Estou falando dessas bobinas de calculadoras, terminais de cartão de crédito e registradoras. Não sei se já notou que tem vezes que o papel sai com umas marcas rosas. Você deve saber o porquê, é bem óbvio, mas eu acho que é uma maneira muito inteligente de preparar quem está operando a máquina pra trocar a bobina antes que termine toda.
 A idéia é evitar que o papel acabe enquanto está imprimindo o recibo. Esperto. Gosto de idéias assim. Idéias que fazem diferença na vida, embora sejam simples. Mas além da idéia, tem a utilidade, um jeito de resolver uma situação quer poderia ser embaraçosa. Imagine se tivéssemos essa ajuda para cada situação que envolve o futuro! Sempre sermos avisados do que está por vir, especialmente quando se trata do final. Na verdade, diferente da bobina de papel, podemos desenvolver a habilidade de olhar o que acontece e entender pra onde isso vai nos levar. É uma maneira de estar preparado pra tudo.
 Surpresas são coisas que nem todos gostam. Porque surpresas podem ser ruins. Mas se podemos ver listras rosas aparecendo de repente, nos da tempo para fazer algo necessário, antes que seja tarde.  
É isso.
Denison 

THE BEST STUDENTS // OS MELHORES ALUNOS

🇺🇸 China’s students were announced as the best students in the world. The Organization for Economic Cooperation and Development conducted a study in 79 countries testing 15 year-old students in reading, math and science. Chinese students scored over 10% above the average of students around the world.
 Not only that, but according to the study there’s a correlation between academic development and socio-economic background. Some countries, even between the developed ones, showed that the higher the socio-economic background the better is the academic performance. OECD is concern that although countries that are spending more on education, there’s no improvement on academic development.
 This study is performed every three years around the world. According to the results specialists create the expectations about the future development of the countries. They believe that education has the main role in social and economic development. Schools’ quality is fundamental, but it seems that that’s no enough. Raising the bar of the quality may still require more from the real basic for the childhood development: when a child finishes a day in school, what’ll she find at home? How families are playing their role on supporting the educational system? Can countries increase quality inside the families as well in schools?
 Future depends more on integrating every part of the society. Schools, families, business and religious organizations, health and security systems. In the hands of which children is the future being placed? 
That's it.
Denison 

🇧🇷 Estudantes da China foram considerados os melhores do mundo. A Organização para o Desenvolvimento e Cooperação Econômica conduziu um estudo em 79 países com alunos de 15 anos em leitura, matemática e ciências. A média do chineses foi 10% mais alta que dos demais países.
 Além disso, o estudo também mostrou a relação entre desempenho acadêmico e nível sócio-econômico. Alguns países, mesmo alguns desenvolvidos, mostraram que quanto maior o nível sócio-econômico, melhor o desempenho acadêmico. A organização está preocupada que, embora os países estejam gastando mais em educação, não houve melhoria correspondente no desempenho acadêmico.
 Esse estudo é realizado a cada três anos pelo mundo. De acordo com os resultados especialistas criam expectativas sobre o desenvolvimento futuro dos países. Eles acreditam que educação tem o papel principal no desenvolvimento socio econômico. Qualidade nas escolas é fundamental, mas parece não ser suficiente. Aumentar a qualidade ainda requer mais da real base de desenvolvimento na infância: quando a criança termina o dia na escola, o que vai encontrar em casa? Como as famílias cumprem seu papel no sistema educacional? Poderiam os aumentar a qualidade dentro das famílias também?
 O futuro depende mais da integração de toda a sociedade. Escolas, famílias, organizações empresarias e religiosas, sistemas de saúde e segurança. Nas mãos de que crianças está sendo colocado o futuro? 
É isso.
Denison 

AGONY // AGONIA

🇺🇸 Time has a huge effect in the plantation process. In fact, most of the effect happens in who is planting. Sowing the seed and wait until the time for the reaping is an act of faith. We see what’s going to happen in the future through expectations and expectations can create positive or negative reactions in us.
 One of the reactions, which we use to consider negative, is AGONY. This is today’s word. The idea of agony is a bad feeling about something that could happen or is happening. The real meaning of agony is “contest”. The word comes from the greek agonia, that comes from agon meaning “assembly”, which comes from ago, meaning “to guide”. There’s an interesting aspect why agony means a bad feeling.
 In the ancient Greece people liked to watch battles in stadiums, like we watch games today. The battles were called agonia, because it was where people agon, get together. They got together because they were guided, ago, to the location where the battle would be fought. While watching the fight, seeing the fighters killing one to another, the crowd develop a feeling, cheering and rooting for one of the fighters. That feeling used to create an expectative of what the result would be. “Is my fighter going to win or be killed?” That reaction was related to the contest, the agonia, and became popular as a bad feeling.
 Agony is the opposite of faith. Faith is the assurance of what’s going to happen, agony is the uncertainty. Agony leads to stress. At the end it has to do with the object of your hopes and your expectations. 
That's it.
Denison 

🇧🇷 O tempo tem um grande efeito no processo de plantação. Na verdade o maior efeito acontece em quem planta. Semear e esperar pelo tempo da colheita é um ato de fé. Vemos o que vai acontecer no futuro através das expectativas e expectativas podem criar reações positivas or negativas em nós.
 Uma das reações, que consideramos negativa, é AGONIA. É a palavra de hoje. A idéia de agonia é um mau sentimento sobre algo que pode acontecer ou está acontecendo. O real significa de agonia é “batalha”. A palavra vem do grego agonia, que vem de agon, “assembléia”, que vem de ago, “conduzir”. Existe um aspecto interessante do porquê agonia ganhou o significado de sentimento negativo.
 Na Grécia antiga as pessoas gostavam de assistir batalhas em estádios, como gostamos de assistir jogos. As batalhas eram chamadas agonia, porque era onde as pessoas agon, se reuniam. Se reuniam porque eram conduzidas, ago, para o local da batalha. Enquanto assistiam a luta, vendo os lutadores matarem um ao outro, a multidão desenvolvia um sentimento, torcendo por um dos lutadores. Esse sentimento criava uma expectativa de qual seria o resultado. “O meu guerreiro vai ganhar ou perder?” A reação estava ligada à batalha, a agonia, e acabou sendo popularizada como um sentimento negativo.
 Agonia é o oposto da fé. Fé é a certeza daquilo que vai acontecer, enquanto que agonia é a incerteza. Agonia leva ao estresse. No final depende do objeto no qual você coloca as esperanças e expectativas.
É isso.
Denison 

COST-BENEFIT // CUSTO/BENEFÍCIO

🇺🇸 To create movement is the ultimate goal for the leaderactive. Creating movement has the challenge of bringing people together and align their mind and actions towards a better reality. Don’t think it’s easy. One of the most difficult things to do is to create unity between people with different backgrounds.
 The leader can make the call, motivate, organize, but at the end every person will respond according to his/her own interests and convictions. Some will step out. For as strong as the leader’s influence can be, every personal decision is made on the cost-benefit basis. People can be motivated to follow a movement, but they will always confront with the costs of making that decision. How to handle that?
 Cost-benefit is for personal and management decisions too. In a company, a huge part of the profit is based on the cost-benefit equation. The ideal is to have high benefits with low costs. But there’s another factor to be considered here: the yield. It’s not only about what costs and what we’re getting now. It’s about how much it’ll generate. I was listening to a cooking class and the lady was showing how to make bread. Interesting part was when she taught how to make the yeast out of the dough to be used to make another bread. The cost-benefit is the bread being baked, the yield is the power to generate another one.
 The leaderactive will help people to see beyond the gains. The equation is different when we see how much the gain can generate. One bread is a good income, but two breads out of one dough is a yield.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Criar movimento é o objetivo maior do liderativo. Ao criar movimento surge o desafio de juntar pessoas e alinhar sua mente e ações em direção a uma realidade melhor. Não pense que é algo fácil. Uma das coisas mais difíceis é criar unidade entre pessoas com tantas diferenças em suas realidades.
 O líder pode chamar, motivar, organizar, mas no final cada pessoa vai responder de acordo com seus próprios interesses e convicções. Alguns vão abandonar. Por mais forte que seja a influência do líder, cada decisão pessoal é baseada na análise de custo/benefício. Pessoas podem ser motivadas a seguir um movimento, mas sempre confrontarão os custos de tomar essa decisão. Como lidar com isso?
 Custo/benefício pode ser tanto para decisões pessoais quanto para administrativas. Numa empresa a maior parte do lucro é baseado na equação custo/benefício. O ideal é benefício alto e custo baixo. Mas outro fator pode ser considerado: o rendimento. Não é só o quanto custa e o quanto ganha agora. É o quanto vai gerar também. Estava ouvindo uma aula de culinária e a palestrante mostrou como fazer pão. Foi interessante quando ela mostrou como fazer fermento da própria massa do pão para ser usado para fazer outro pão. O custo/benefício é o pão assado, o rendimento é o potencial para gerar um outro pão.
 O liderativo vai ajudar pessoas a ver além dos ganhos. A equação é diferente quando vemos o quanto o ganho pode gerar. Um pão é um bom ganho, mas dois pães feitos de uma massa só é um rendimento. 
É isso.
Denison 

PLUGGING INTO THE OUTLET // LIGANDO NA TOMADA

🇺🇸 Since humanity learned how to use electricity our live has been changed. Nights became a new part of our time and people have a lot to discover on it. We started to do things faster, used resources to supporting live, since freezers to hospital machines. Electricity keep things running around us.
 Now it seems we can’t live anymore without outlets around us. People come to new places, get inside cars and the first question is: do you have an outlet? When we build buildings we plan to have lots of outlets available in the walls. Even though we still plug adaptors on the outlets so we can connect more devices on them. It’s totally part of our life in almost everything we do.
 Even a very common thing like plugging things into outlets is facing a transformation. Now we have wireless charges ou inductive charging. This old technology is now being used to fulfill its original purpose, when James C. Maxwell predicted electricity would be shared wirelessly, in 1864. Old habits will be living with new ones. Sometimes is the best way to adapt, to engage into transformation. The more we can connect ourselves into how live is changing, the better we’ll find out the best way to enjoy life. Specially because we don’t know how much we’re going to live and how many new things we’ll see in life.
 Every time you plug something into the outlet, or place it on a wireless charger consider, how plugged are you into life? It’s not possible to live in the future, it’s complicated to live stuck in the time that has passed.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Desde que a humanidade aprendeu a usar a eletricidade a vida mudou. As noites se tornaram uma nova parte de nossas horas e as pessoas querem muito descobrir mais sobre elas. Fazemos coisas mais rápido, amparemos a vida com geladeiras até aparelhos hospitalares. A vida segue com a eletricidade.
 Agora parece que não conseguimos viver sem tomadas ao redor. Pessoas chegam a novos lugares, entram em carros e logo querem saber onde tem uma tomada. Quando construímos prédios planejamos muitas tomadas pelas paredes. Até plugamos adaptadores nas tomadas para podermos conectar mais aparelhos nelas. Já é parte de nossa vida em quase tudo que fazemos.
 Mesmo algo tão comum como ligar na tomada está sendo transformado. Temos carregadores sem fio. Essa velha tecnologia está sendo usada para cumprir seu propósito original, como predisse James C. Maxwell, em 1864. Velhos hábitos e novos hábitos vão conviver. As vezes a melhor maneira de adaptar é se envolver com a transformação. Quanto mais pudermos nos conectar com as mudanças da vida, melhor descobriremos como melhor desfruta-la. Especialmente porque não o quanto ainda iremos viver, nem quantas novas coisas veremos na vida.
 Toda vez que ligar algo na tomada, ou colocar no carregador sem fio considere, quão plugado está com a vida? Não da pra viver no futuro e é complicado viver preso a um tempo que já passou. 
É isso.
Denison 

DRIVERLESS CARS // CARROS AUTO-DIRIGÍVEIS

🇺🇸 One of the subjects of the moment. The transportation system is going through changes that will create unusual conditions for almost everybody. So far, we can tell that a lot of work in technology have been done and we don’t know yet when this impressive changes are going to happen.
 We’re expecting that there’ll be more intelligent cars running and people will start to use more and more the services that drive passengers from one point to another rather than having the ownership of a car. It’s like one thing will lead to the other and soon we’ll know how our life will be really affected by that.
 What the automotive industry says is they are not building a car, they are building a driver. So is not about the design, or the power of the car, is about the nature of the intelligence behind all the electronic processors. How to make a machine to respond positively and safely in an environment where lives are at risk. According to them, they are trying to prove that is possible. An interesting declaration shows the industry has all the technology that they need. “When you’re 90% done, you still have 90% to go”. Emblematic, right? Then it’s explained, “90% of the technology takes 10% of the time”. It’s like when you about to make a trip. There’re a lot of things to do when you’re packing, and while the one thing, which is to leave from where you are and to arrive at the destination, is what will take longer.
 Dealing with time could be frustrating. It’s very difficult to predict when things will happen. We can try our best, but time can be tricky. If you waiting for the future, remember, it’ll come with nobody at the wheel. 
That's it.
Denison 

🇧🇷 Um dos assuntos do momento. O sistema de transporte vai passar por mudanças que vão criar condições incomuns para a maioria. Até agora, podemos dizer que muito trabalho em tecnologia tem sido feito e não sabemos ainda quando essas mudanças vão acontecer.
 Esperamos por mais carros inteligentes nas ruas e pessoas usando mais dos serviços de transporte de passageiros de um ponto ao outro, ao invés de terem a propriedade de um carro. Uma coisa vai levar à outra e logo vamos saber como nossa vida vai ser realmente afetada com tudo isso. 
 O que a indústria automotiva diz é que não estão construindo um carro, mas sim um motorista. Não se trata de design ou potência do carro, e sim da natureza da inteligência por detrás de todos aqueles processadores eletrônicos. Como fazer uma máquina responder segura e positivamente em um ambiente onde vidas estão em risco? Eles dizem que isso é possível. Uma declaração interessante diz que a indústria tem toda tecnologia que precisam. “Quando você fez 90%, ainda tem mais 90% pra fazer”. Emblemático, né? A explicação segue, “90% da tecnologia toma 10% do tempo”. É como quando você vai viajar. Tem um monte de coisas pra fazer enquanto está arrumando as malas, enquanto uma única coisa, que é sair de onde está e chegar ao destino, é o que vai levar mais tempo.
 Lidar com o tempo é frustrante. Difícil prever quando tudo vai acontecer. Podemos fazer o melhor, mas o tempo nos surpreende. Se você espera pelo futuro, lembre que ele vai chegar sem ninguém ao volante.
É isso.
Denison