DEPLANING // DESEMBARCANDO

🇺🇸 Traveling by plane is getting more and more common. It took me 19 years of life for me to get inside and airplane for the first time. I’ve always flew coach class, except for an occasion the air company overbooked the flight and I ended up seating in a first class seat for a two hours flight.
 Few things I don’t like when I’m traveling by plane. The uncomfortable seats, to store bag in the overhead compartments and the deplaning. I know everybody thinks the same way when the plane lands: we just want to get out of that thing as fast as possible, specially if we still have go to the baggage claim area. Usually it’s a little stress the plane aisle is clogged with people not being able to wait for just a little while.
 Recently, Louise Vadeboncoeur, a flight attendant from WestJet, make a time-lapse video of a group of passengers deplaning from the aircraft. The video shows how well organized they do. She said that they patiently respect everyone’s turn to leave without any flight attendant ask for it. She says that air companies do not train their crew to do deplaning. The passengers have to figure that out. According to studies, the time for disembarking a plane is around 13 minutes. Little time that seems unbearable for most of people. But if everybody cooperates the time could be reduced down to 6:27 minutes.
 Is it possible to double the time to enjoy life? A little patience here, a little organization there, a better focus here and there and suddenly we more time available! How’d you spend an extra half of your life?
That's it.
Denison 

🇧🇷 Viajar de avião está ficando cada vez mais comum. Pra mim, levou 19 anos pra entrar num avião pela primeira vez. Sempre voei classe econômica, exceto por uma vez que a companhia superlotou o avião e acabei sentando na primeira classe num vôo de duas horas.
 Algumas coisas não gosto quando viajo de avião. Os assentos desconfortáveis, o compartimento interno de bagagem e o desembarque. Todo mundo pensa do mesmo jeito na hora de sair do avião: queremos sair dali o mais rápido possível, especialmente se ainda temos que pegar a bagagem na esteira. É meio estressante o corredor do avião entupido com gente que não pode esperar nem um pouquinho mais.
 Recentemente, Louise Vadeboncoeur, uma comissária de bordo da WestJet, gravou um vídeo de time-lapse de passageiros desembarcando do avião. O vídeo mostra como saem ordenados. Ela disse que eles respeitam pacientemente a vez de cada um sair sem que nenhum comissário oriente. Ela disse que as companhias aéreas não treinam os tripulantes para desembarcar. Os passageiros é que têm que se virar. Estudos mostram que o tempo para sair de um avião é em torno de 13 minutos. Tempo que parece ser insuportável para a maioria. Mas se todos cooperassem poderia ser reduzido para 6:27 minutos.
 É possível dobrar o tempo pra curtir a vida? Um pouco de paciência aqui, um pouco de organização ali, mais foco aqui e ali e de repente temos mais tempo! Como você gastaria uma metade extra da sua vida?
É isso.
Denison 

BOEING

🇺🇸I grew up hearing the name Boeing referring as a high standard aircraft. Because I used to hear that from my father, every time I hear the word Boeing I remember my father saying it.
So as I grew, the name Boeing became a reference for great and big things. If an object was huge, it’s a boeing. If a person is a fenomenal and talented worker, he/she is a boeing. The idea of what Boeing meant came before my understanding that Boeing is a business company.
Well, that big thing is worth around $30 billion less this week. And I’m saying this not as a good thing. I’m saying that $30 billion still doesn’t compensate for 346 mortes in recent accidents. I’m not blaming the company directly for the accidents and deaths, but it’s the name, the institution that took part of the responsibility for those lives. How many passengers the company transport every year? In 2018 the estimated number of world wide passengers flying was 4.3 billion. A huge number and a huge responsibility. What about the air companies? They are the ones who do maintenance, on-time decisions. What about the agencies? They supervise all operations.
Families are suffering, the world is sorry for the consequences of these tragedies. And I’ll not forget to mention another person directly affected by those tragedies: you! That’s true. You, me, are part of this for just one reason, we don’t control everything. Taking care of our responsibilities is important and we think because of that everything will be ok. Then, something out of our plans happens. Maybe it happened today. That point is a new start. Sometimes with tears, sometimes with courage. To fly is still necessary.
That’s it.
Denison

🇧🇷Cresci ouvindo o nome Boeing se referindo como um avião de alto padrão. Porque eu ouvia isso do meu pai, toda vez que ouço a palavra Boeing me lembro dele dizendo.
À medida que cresci, o nome Boeing se tornou referência para grandes coisas. Se algo é grande, é um boeing. Se a pessoa é fenomenal no que faz, é um boeing. Antes de saber que Boeing é uma empresa eu já tinha o conceito de que boeing é algo gigante.
Bem, esse gigante vale $30 bilhões de dólares menos esta semana. E não estou falando isso como algo bom. Estou dizendo que 30 bilhões ainda não compensam por 346 mortes em acidentes recentes. Não estou culpando diretamente a empresa pelos acidentes e mortes, mas é o nome, a instituição que toma parte da responsabilidades pelas vidas. Quantos passageiros a empresa transporta cada ano? Em 2018 o número estimado de passageiros pelo mundo foi de 4.3 bilhões. Um grande número e uma grande responsabilidade. E o que falar das companhias aéreas? Eles fazem a manutenção, e tomam as decisões de momento. E as agências de vôo? Eles supervisionam as operações.
Famílias sofrendo, o mundo triste pelas consequências dessas tragédias. E não vou esquecer de mencionar mais alguém diretamente afetado pelas tragédias: você! Sério. Você, eu, somos parte disso por uma razão, não controlamos tudo. Cuidar das responsabilidades é importante e achamos que por isso tudo vai ficar bem. Então, algo fora dos planos acontece. Talvez tenha acontecido hoje. Esse é o ponto do recomeço. Às vezes com lágrimas, às vezes com coragem. Voar ainda é preciso.
É isso.
Denison