CHANGING MONEY // TROCANDO DINHEIRO

🇺🇸 It’s not big deal go to a cashier and ask if we can change a $20 bill for two $10. Sometimes we run out change and it’s just to trade different kinds of bill, but the amount is still the same. Nobody is losing money on that. Although there’re times when people just don’t want to do that.
 We go by the math. Two 10s equals one 20. At this level math is very simple, but life and people’s perspectives can be way more complicated than math. Even when we’re talking about numbers, a pretty exact element, our mind can create a different view of that. That’s why we find people that don’t want to do it. Of course they have their reasons not to and wouldn’t be good if we understand that?
 Have seen people that likes to assume things for others? “That's ok, my wife won’t be bothered”. “Sure, my son will do it for you!” “Hey, I thought would be no problem for you!” Sometimes we are tempted to assume what people think, because in our mind it’s not a problem at all and why don’t they just think like us? Because people’s minds are different from each other, just like two 10s could be not equal one 20. Assuming things is complicated and unnecessary. A way to show respect for others is to ask what they do think about it. Interpersonal connections will work too much better if we talk and just not assume.
 I know, we can still argue that two 10s is the same as one 20 and it’s no big deal, but I really don’t want to impose my opinion here, specially because we’re not trading money. Can I assume we’re just talking?
That's it.
Denison 

🇧🇷 Nada de mais ir ao caixa e pedir para trocar uma nota de 20 por duas de 10. Às vezes ficamos sem troco e é só uma troca de notas, mas a quantia é a mesma. Ninguém está tendo prejuízo. Mesmo assim tem vezes que as pessoas não vão querer trocar o dinheiro.
 Questão de matemática. Dois 10 é igual a um 20. Nesse nível matemática é bem simples, mas a vida e as perspectivas das pessoas são mais complicadas que matemática. Mesmo falando de números, que são elementos exatos, nossa mente pode criar uma visão diferente. Por isso têm pessoas que não querem trocar o dinheiro. Claro que têm suas razões e não seria bom se entendêssemos isso?.
 Já viu pessoas que gostam de supor coisas pelos outros? “Tudo bem, minha mulher não vai se incomodar”. “Claro, meu filho vai fazer pra você!” “Pensei que não ia ser problema pra você!” Às vezes somos tentados a supor o que as pessoas pensam, porque em nossa mente não é problema e por que eles não pensam como nós? Porque a mente das pessoas é diferente, assim como dois 10 pode não ser igual um 20. Supor coisas é complicado e desnecessário. Uma maneira de mostrar respeito pelos outros é perguntar o que acham. Conexões interpessoais seriam bem melhores se apenas não supuséssemos.
 Ainda podemos argumentar que dois 10s é igual a um 20 e tudo bem, realmente não quero impor minha opinião, especialmente porque não estamos trocando dinheiro. Posso supor que é só uma conversa? 
É isso.
Denison 

CHANGE OF GUARDIANSHIP // MUDANÇA DE CUSTÓDIA

🇺🇸 The number of change of guardianship has increased in the past 18 months in some counties of the State of Illinois. The major characteristic of those petitions are teenagers and pre-college young people. They are applying for the condition of independence, supported by friends and relatives, the new guardians.
 It could raise some attention to understand why they are doing that, specially because in their background there’re wealthy families, some of the parents given up the guardianship are doctors, lawyers, realtors. Some people were intrigued by these cases and some could start to consider if some kind of family crisis or break down could be affecting the future of promising young people. That raised a yellow flag.
 At the same time some universities noted that part of the students applying for scholarships on their financial programs are declaring themselves “financial independence”, using their new guardianship status to be eligible to claim a bigger financial support from the universities. Now a red flag has been raised higher. Some investigators are starting to identify a form of scam behind all of these scenarios. It seems like wealthy families are forging a situation to take financial advantage for their own benefits. Those scholarships are dedicated to support students who come from poor families and really depend on that kind of support to pursuit their academic formation. What could we say about that?
 What a real education is? Getting a diploma at any, even fraudulent, costs, or raising the character and standing for values that try to make society better for everyone? What have we learned from all of this?
That's it.
Denison 

🇧🇷 O número de mudanças de custódia aumentou nos últimos 18 meses em alguns condados do Estado de Illinois. A principal característica nesses pedidos são adolescentes e pré-universitários. Eles estão pedindo por condição de independência, sob a custódia de amigos e parentes, os novos guardiões.
 Isso poderia chamar a atenção para entender o porquê de estarem fazendo isso, especialmente por serem de famílias abastadas, alguns pais abrindo mão da guarda são doutores, advogados e corretores. Algumas pessoas ficaram intrigadas com esses casos e alguns chegaram a considerar casos de crise familiar que poderiam estar afetando o futuro de jovens promissores. Um sinal de alerta foi dado.
 Ao mesmo tempo algumas universidades notaram que parte dos estudantes que entraram com pedido de ajuda financeira se declararam “financeiramente independentes”, usando documentos de status de nova custódia para se qualificarem a receber ajuda financeira das universidades. Agora um alerta vermelho foi dado. Investigadores estão começando a identificar uma forma de esquema por detrás desses cenários. Parece que famílias ricas estão forjando a situação para terem benefício financeiro. Essas ajudas são dedicadas a estudantes que vêm de famílias pobres e realmente dependem desse tipo de ajuda para conseguir sua formação acadêmica. O que poderíamos dizer sobre isso?
 O que é verdadeira educação? Ter um diploma a todo custo, mesmo fraudulento, ou elevar o caráter e defender os valores que tentam tornar a sociedade melhor para todos? O que aprendemos de tudo isso? 
É isso.
Denison 

COIN // MOEDA

🇺🇸 Words follow ways not always the same. The meaning can be the same, but can take different forms of construction. Same thing happen with the fruit of the seeds. The same fruit can have different names depending on the location. Same flavor and shape, different experience for those who taste it.
 Todays word is COIN. The meaning of the word is to stamp a drawing in metal by embossing a mark to identify or honor an authority. The result of this process created the monetary object used for trading. The meaning comes from the Old French coigne, which comes from latin cuneus, and means “wedge”. The first evidence of coins dates from the 7th Century BC, from Lydia, today’s West of Turkey. 
 At the beginning they were made as religious souvenirs, offered by the priests to the devoters. They were related to the Temple of Artemis of Ephesus. The believers began to give value to those objects and some traded with others for goods, until it became the basic currency for merchant. The practice turned into the object of use and the value were in the material the coin was made and its weight. To prevent against forgers later they created little marks and bumps on the edges so the can scratch or cut a little piece off to check if the coins was legit or false. Today’s coins are value more by what they represent.
 The value of what they’re made of and what they represent. And the value that is printed in us. That’s why we talk about other people, like trading coins in the market. We can make them more or less valuable.
That’s it. 
Denison 

🇧🇷 Palavras seguem caminhos que nem sempre são os mesmos. O significado pode ser igual, mas a forma diferente. O mesmo acontece com o fruto das sementes. O mesmo fruto pode ter nomes diferentes dependendo da localidade. Mesmo sabor e forma, mas diferente experiência para quem prova.
 A palavra de hoje é MOEDA. A origem vem de cerca de 390 a.C., quantos gauleses tentaram invadir o Capitólio em Roma. Os gansos sagrados da deusa Juno, assustados, “avisaram” os soldados do templo e eles puderam expulsar os invasores. A atitude dos gansos foi chamada de “Juno Moneta”, que quer dizer “o espírito de Juno avisou”. Moeda vem do latim moneta e significa “avisar, aconselhar”.
 Juno era esposa de Júpiter e a deusa protetora de Roma. Por libertar a cidade dos seus invasores foram criadas pequenas imagens em círculos de metal para homenagea-la. O templo de Juno se tornou o local onde as moedas eram cunhadas, sendo conhecido como “A Casa da Moeda”. Com o tempo aquelas moedas passaram a ter o seu valor no mercado e foram adotadas no império, com a imagem do imperador de um lado e o seu selo de outro. Para evitar falsificações as bordas foram elevadas para poderem ser raspadas e identificar do que eram feitas. Hoje, moedas valem mais pelo que representam.
 O valor do que são feitas e o valor que representam. E tem o valor que é impresso em nós. Por isso falamos das outras pessoas, como troca de moeda no mercado. Podemos faze-las valer mais ou menos.
É isso. 
Denison