STRATEGY // ESTRATÉGIA

🇺🇸 When you know where you’re going you’ll try to find the best way to get there. Usually there’s more than one option The leaderactive will work the best one to reach the goals. As important as it is to reach the goals is the process to get there. We know that goals are results of the efforts invested.
 For those who don’t like to waste energies, to create a strategy is the best way to concentrate and direct all the energy invested in the process. So a strategy is the screenplay to get into results. That involves the actions, initiatives, targets, approaches, budget, evaluations, structures and other details to make the goals reachable. Don’t even think of creating movement without to build a strategy and make it work.
 It’s not that difficult. When I was a kid my mom used to teach me to eat my meal by eating what I didn’t like first and leave what I liked to most for the end. So every meal I had to practice my strategy to eat all the food and leaving the table with the taste of what I liked in the mouth. I still use to do this every meal. I don’t even need to do it as a formal process, it’s natural. I just have to control the bites I give. But it’s an exercise that helps me to practice strategy. This is the idea. Controlling, connecting and directing actions we’ll be able to get where we want. We can apply it to simple things and to the important ones too. 
 There’s a way to make strategy enjoyable. Celebrate every step reached. The process can be long and it will need constant motivation. Celebration ensures that it’s good for now, but the best is at the end.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Quando você sabe pra onde está indo, vai fazer todo esforço pra chegar lá. Normalmente tem mais de uma opção. O liderativo vai fazer o seu melhor para alcançar os alvos. Tão importante quanto alcançar os alvos é o processo de chegar lá. Sabemos que os alvos vão ser resultado dos esforços investidos.
 Pra quem não gosta de desperdiçar energia, criar uma estratégia é a melhor maneira de concentrar e direcionar a energia investida no processo. A estratégia é o roteiro para chegar nos resultados. Envolve ações, iniciativas, foco, abordagens, orçamento, avaliações, estruturas e outros detalhes para tornar os alvos alcançáveis. Nem pense em criar movimento sem montar um estratégia e trabalhar nela.
 Não é tão difícil. Quando era criança minha mãe me ensinou a comer a refeição comendo primeiro o que não gostava e deixando o que mais gostava pro final. Em cada refeição eu praticava minha estratégia para comer toda comida saindo da mesa com o gosto do mais gostoso na boca. Ainda faço isso em cada refeição. E não é um processo formal, é natural. Só preciso controlar as garfadas. Na verdade acaba sendo um exercício para praticar estratégia. Essa é a idéia. Controlar, conectar e direcionar ação para chegarmos onde queremos. Podemos aplicar isso a coisas simples e a coisas importantes também.
 Dá pra fazer a estratégia agradável. Comemore cada etapa concluída. O processo pode ser longo e vai precisar de constante motivação. Celebrar assegura que está bom até agora, mas o melhor está no fim.
É isso.
Denison 

IDENTIFYING STRENGTHS // IDENTIFICANDO PONTOS FORTES

🇺🇸 Leadership is based on strengths. Personal development too. Trying to improve weaknesses is not going to make us better. For leaders is very important to identify strengths. For a leaderactive is also important to know how to help people to identify their own strengths and work on them.
 There’s a challenge on identifying strengths, because the individual’s strengths have personal characteristics, which make them unique from everyone else. Sometimes people get confused also, because everyone has more than one strength, with different levels of intensity and depending on the situation, one strength can overlap the others. That’s why sometimes is difficult to identify them.
 I’ll try to make it simple. We can identify our strengths in 3 ways. First, what do we like to do? I use to say like this: what makes you get out of bed? Second, what’s easy for us to do? It’s what you can learn with no one teaching you. Third, what other people recognize you’re good at? Like, everybody ask you to do that for them. Our strengths are based on those points. The problem is that we think about our strengths relating them to work. Most of people don’t use their strengths in their job and this is one of the reasons there’re so many people frustrated in their career. There’s a huge waste of potential in the working world.
 If you’re eager to make some changes, start with your strengths. Some people changed their life just because they start to cook after hours and suddenly people started to pay to that food. Just an example.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Liderança é baseada em pontos fortes. Desenvolvimento pessoal também. Tentar trabalhar nas fraquezas não vai nos tornar melhores. Isso é importante para líderes. Para o liderativo também é importante saber como ajudar pessoas a identificarem seus pontos fortes e trabalharem neles.
 Identificar pontos fortes é um desafio, porque eles têm uma característica pessoal do próprio indivíduo, o que os faz únicos em relação aos outros. Às vezes pessoas ficam confusas também, porque todos têm mais de um ponto forte, com diferentes níveis de intensidade e dependendo da situação, um vai sobrepor ao outro. Esta é uma razão porque, às vezes, é tão difícil identificar os pontos fortes.
 Vou tentar simplificar. Podemos identificar pontos fortes de 3 maneiras. Primeira, o que você gosta de fazer? Normalmente digo: o que tira você da cama? Segundo, em que tem facilidade? Aquilo que você aprende sem precisar que te ensinem. Terceiro, no que as pessoas reconhecem que você é bom? Tipo, aquilo que sempre estão pedindo pra você fazer pra elas. Pontos fortes se baseiam nisso. Normalmente relacionamos eles com trabalho. A maioria não usa os pontos fortes no trabalho e esta é uma das razões por estarem frustradas no trabalho. Há um grande desperdício de potencial no mundo do trabalho.
 Se está buscando por mudanças, comece pelos pontos fortes. Tem gente que mudou a vida só porque começou a cozinhar após o expediente e de repente tinha gente pagando pela comida. Só um exemplo. 
É isso.
Denison 

INTERFERENCE // INTERFERÊNCIA

🇺🇸 Leading is seeing as a way to guid people to achieve what they can achieve. In the case of the leaderactivity, results are not achieved by any means. The leaderactive respects the right way to create movement. When the leader begins to forget about that, the leadership turns into manipulation. 
 So it’s an atribute of the leader to interfere on what’s going on. And this is a kind of complicated, because interfering is good or bad? If the leader interferes people are being manipulated? What about their development if the leader keeps interfering? Is there development without interference? These are good questions to think about it and to learn what’s the best way for a leader to guide people.
 When to interfere and when not to interfere? I can mention one specific rule to each situation. The leader interferes when someone or anything is trying to do what the follower is suppose to do. The leader should stop any exterior interference inhibiting people to achieve their goals. On the other hand, the leader shouldn’t interfere on the personal development of the followers. Some leaders are tempted to help and “to give a hand” so they can make it. The rule of the leader is to guide and motivate the follower to do the task the best way possible. Watch the video about the goose and its chicks to better understand that.
 The best way to develop people is to stimulate them on their best. Never undermine people’s potential. The leaderactive will create the conditions for that to happen. Always fight for people’s achievement!
That's it.
Denison 

🇧🇷 Liderar é visto como conduzir pessoas a atingirem o ponto que podem atingir. No caso da lideratividade, resultados não são alcançados por quaisquer meios. O liderativo respeita a maneira correta de criar movimento. Quando o líder começar a se esquecer disso, a liderança se torna em manipulação.
 Um dos atributos do líder é interferir no que acontece. E isso é meio complicado, porque interferência é boa ou ruim? Se o líder interfere as pessoas são manipuladas? O seu desenvolvimento é afetado se o líder fica interferindo? Existe desenvolvimento sem interferência? Essas perguntas são importantes para pensar e aprender qual é a melhor maneira de liderar guiando as pessoas.
 Quando interferir e quando não interferir? Posso mencionar uma regra específica para cada situação. O líder interfere quando alguém ou algo tenta fazer o que o seguidor deveria fazer. O líder deveria deter qualquer interferência exterior que iniba pessoas atingirem seus objetivos. Por outro lado, o líder não deveria interferir no desenvolvimento pessoal dos seguidores. Alguns líderes são tentados a ajudar e “dar uma mãozinha” para eles conseguirem. A regra do líder é guiar e motivar o seguidor a cumprir sua parte da melhor maneira possível. Veja o vídeo do ganso e dos filhotes para entender melhor isso.
 A melhor maneira de desenvolver pessoas é estimula-las no seu melhor. Nunca subestime o potencial das pessoas. O liderativo vai criar condições para isso. Sempre lute pela realização das pessoas!
É isso.
Denison