SPEED AND FLEXIBILITY // VELOCIDADE E FLEXIBILIDADE

“The way to help people to develop a more flexible personality is by applying speed to their actions”.

Have you seen the trick where we quickly flex a pencil between the fingers and we have the illusion that the pencil is bending? It is cool! It is the speed that makes the whole thing looking like real.

We can apply this principle when dealing with personalities. Some people have a hard personality. They don't have a flexible mind. They don't like changes. They are not open to new things. Sometimes, probably a lot of times, we have to deal with people with these characteristics. To help them to develop a more flexible personality we have to apply high speed to the actions they are involved. Speed will also have impact over them, just like it does to the pencil.

But aren't we talking about an illusion? The sense that they can do more things faster will give them the confidence that they can also deal with new things.

That's it.

Denison

“A maneira de ajudar pessoas a desenvolver uma personalidade mais flexível é aplicando velocidade em suas ações”.

Você já viu o truque onde se balançarmos rapidamente um lápis entre os dedos vamos ter a ilusão de que o lápis está flexionando? É muito legal! É a velocidade que faz todo o negócio parecer real.

Podemos aplicar esse princípio quando lidamos com personalidades. Algumas pessoas têm personalidade dura. Não têm uma mente flexível. Não gostam de mudanças. Não estão abertos a novas coisas. Às vezes, talvez muitas vezes, temos que lidar com pessoas com essas características. Para ajudá-las a desenvolver uma personalidade mais flexível temos que aumentar a velocidade das suas ações. A velocidade também vai ter impacto sobre elas, igual ao lápis.

Mas não estamos falando de ilusão? O senso de que eles podem fazer coisas mais rápido vai dar confiança de que também podem lidar com novas coisas.

É isso.

Denison

ANSWERS AND QUESTIONS // RESPOSTAS E PERGUNTAS

“For those seeking for answers developing the ability to formulate questions is extremely important”.

In life we are constant seeking for something, better opportunities, new possibilities, another chances. We tend to connect all to a purpose we have to fulfill in life. Among all these, we are looking for answers.

Answers are the key to understand so many things, but unfortunately to find answers is not that simple. That is the reason why we should put more efforts on formulating better questions. A good question is like a magnet to attract answers. A good question works in two ways: gives clarity to the person being asked and facilitates the answer. It is like making the person we are asking more comfortable and confident in talking to us. Feeling confident is essencial.

There is a lot of confusion on people's mind and this affects their ability in bringing answers. We will never loose learning how to ask good questions.

That's it.

Denison

“Para os que estão buscando por respostas desenvolver a habilidade de formular perguntas é extremamente importante”.

Na vida estamos constantemente buscando por algo, sejam melhores oportunidade, novas possibilidades ou outras chances. Tendemos a conectar tudo a um propósito que temos que cumprir na vida. No meio de tudo isso, buscamos por respostas.

Respostas são a chave para compreender muitas coisas, mas infelizmente encontrar respostas não é simples. Por isso deveríamos por mais empenho em formular melhores perguntas. Uma boa pergunta é como um ímã para atrair respostas. Uma boa pergunta funciona de duas maneiras: esclarece a quem está sendo perguntado e facilita a resposta. Isso deixa a pessoa mais confiante e confortável para falar conosco. Sentir-se confiante é essencial.

Existe muita confusão na mente das pessoas e isso afeta sua habilidade de dar respostas. Nunca vamos sair perdendo se aprendermos a fazer boas perguntas.

É isso.

Denison

TRUST AND QUALITY // CONFIANÇA E QUALIDADE

“When we establish a standard of trust, we have a standard of quality and vice-versa”.

Excellence is not only about how we do things, but also about the impact we cause in others. This is related to customers and also to our peers. The more we trust, the better we produce and the better we connect.

It is important to put quality and excellence in what we are doing. It is more important when we establish a standard that identifies what we are doing. Everyone has a connection with brands that represent quality in their mind. That level of trust is considered a conquest. The same connection is important when people are working together. Having a standard that represents what they are doing creates high level of motivation and turn into more quality.

We can impact people making them to develop trust in what we do. This is the highest level in quality. The stronger the connection, the higher we can reach.

That's it.

Denison

“Quando estabelecemos um padrão de confiança, temos um padrão de qualidade e vice versa”.

Excelência não se trata só do que fazemos, mas também do impacto que causamos nos outros. Isso tem a ver com clientes e também colaboradores. Quanto mais confiamos, melhor produzimos e melhor conectamos.

É importante colocar qualidade e excelência no que fazemos. É mais importante quando estabelecemos um padrão que identifica o que estamos fazendo. Todo mundo tem uma conexão com marcas que representam qualidade na mente. Esse nível de confiança é uma conquista. A mesma conexão é importante quando pessoas trabalham juntas. Ter um padrão que represente o que eles estão fazendo cria um alto nível de motivação e gera mais qualidade.

Podemos impactar pessoas fazendo com que desenvolvam confiança no que fazemos. É o auge da qualidade. Quanto mais forte a conexão, maior o alcance.

É isso.

Denison

DEALING WITH PARADIGMS // LIDANDO COM PARADIGMAS

🇺🇸 I like to encourage everyone who have the desire for leadership. I think we should believe in everyone’s potential. The challenge itself will determine if the person will succeed or not. I can tell from my own experience, leadership is nothing but facing challenges all the time and finding a way to overcome them.
 One of the challenges is to deal with paradigms. What’s a paradigm? It’s something we tell to ourselves. In our mind we accept some ideas as the truth and we live and behave according to that, even if that idea is not really true. Leaders are constantly questioned by people about things they want to do that are “against the way they are used to do”. To take a movement forward leaders have to deal with paradigms.
 How to deal with paradigms? It’s like when we’re washing our hair with shampoo at shower. We put the shampoo in our hair and spread through out the hair until covers all. We keep our eyes close because we don’t want shampoo in them. People can talk to us and we’ll do everything with our eyes shut. Paradigms are like shampoo in our hair keeping our eyes close to see what’s really going on. If you say to someone with shampoo in the hair to open the eyes, the person will respond: I have shampoo in my hair, I can open them. Before we need to rinse the shampoo then people will feel comfortable to open the eyes.
 People tend to become strongly attached to their beliefs and the more we fight against them the more they’ll cling on them. We don’t fight against paradigms. Using patience we gain people’s confidence first.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Gosto de encorajar quem tem vontade de ser líder. Acho que devemos acreditar no potencial de cada um. O desafio por si só vai determinar se a pessoa vai ter sucesso ou não. Posso dizer, pela minha experiência, que liderança não é nada mais que enfrentar desafios todo tempo e conseguir superá-los.
 Um dos desafios é lidar com paradigmas. O que é um paradigma? É algo que dizemos a nós mesmos. Em nossa mente aceitamos idéias como verdade e vivemos e nos comportamos de acordo com elas, mesmo que não sejam verdade. Líderes são sempre questionados que o que querem fazer é “contra o que as pessoas estão acostumadas a fazer”. Levar um movimento adiante vai exigir lidar com isso.
 Como lidar com paradigmas? É como quando lavamos o cabelo com shampoo. Colocamos o shampoo no cabelo e espalhamos até cobrir toda a cabeça. Ficamos de olhos fechados porque não queremos que entre shampoo neles. Mesmo que alguém fale conosco, vamos manter os ohos fechados. Paradigmas são como shampoo no cabelo mantendo os nossos olhos fechados para ver o que é real. Se você falar pra alguém com shampoo na cabeça abrir os olhos, ele vai dizer: Não posso. Estou com shampoo na cabeça. Antes precisamos enxaguar o shampoo então as pessoas terão segurança em abrir os olhos.
 Pessoas tendem a se apegar às suas crenças e quanto mais lutarmos contra elas, mais vão se apegar. Não lutamos contra paradigmas. Usamos paciência e conquistamos a confiança das pessoas primeiro. 
É isso.
Denison