PEDESTAL

🇺🇸 Words have their own specie, like seeds. We have nouns, verbs, adjectives, pronouns, adverbs, prepositions, prefix and suffix. Grammar wasn’t one of my strengths in school, although I like to pay attention to words. We can plant different kinds of apple, we can see the same characteristic in words.
 Today’s word is PEDESTAL. Pedestals were a characteristic of the Roman architecture. They like to build columns and arches. To give a better sustention for the columns they built a base, usually squared, where the column was stood upon. They called this base piedistallo, which means “footstall”. They made it strong enough to support the weight. It became a requirement for every column in every built building.
 Another important detail is that the pedestals should have a proportional measurement with the columns. So they ended up being part of the architecture, better than just a structural support. The columns were the most admired part in the construction, only because the pedestals gave them support. Pedestals represent every kind of support, for microphones, for winners, trophies and works of art. In life it’s the same. Most of what people see is not what makes us strong. Our strength comes from the foundation of our life. It’s what we put in our mind that gives us the support for all kind of our accomplishments.
 So many people are more concerned about the exterior appearance, while the base of their life is weak. What kind of structure are you giving to the columns people see in your life? Something to be considered. 
That's it.
Denison 

🇧🇷 Palavras têm sua própria espécie, como sementes. São nomes, verbos, adjetivos, pronomes, advérbios, preposições, prefixos e sufixos. Gramática nunca foi meu forte na escola, mas eu presto atenção nas palavras. Podemos plantar diferentes tipos de maçãs e ver diferentes características nas palavras.
 A palavra de hoje é PEDESTAL. Pedestais eram uma característica da arquitetura romana. Eles gostavam de colunas e arcos. Para dar sustentação às colunas eles construíam uma base, quadrada, onde a coluna era apoiada. A base era chamada piedistallo, que significa “lugar para o pé”. Era forte o suficiente para suportar o peso. Se tornou um requerimento para cada coluna de cada construção.
 Outro detalhe importante é que os pedestais deveriam ter a medida proporcional às colunas. Assim eles se tornaram parte da arquitetura, mais do que um suporte estrutural. As colunas eram a parte mais admirada da construção, só porque os pedestais estavam lá dando suporte. Pedestais representam todo tipo de suporte, seja para microfones, para vencedores, troféus e obras de arte. Na vida é o mesmo. A parte que os outros vêem em nós não é a mais forte. Nossa força vem do fundamento da nossa vida. O que você coloca na mente é que vai dar o suporte para todo tipo de realização na sua vida.
 Tanta gente se preocupa mais com a aparência, enquanto a base da sua vida é fraca. Que tipo de estrutura você está dando para as colunas que os outros vêem na sua vida? É algo pra se pensar. 
É isso.
Denison 

JUICE MAKER // CENTRÍFUGA

🇺🇸 I have a juice maker at home and I love it. I love what it does and how it does. Personally, I like to take the fruits or vegetables, cut home a put in the juice maker to see the juice filling the cup. I even like to wash it after use it and leave it in perfect use for the next time. I’ll tell you what it so interesting to me in that.
 I believe in transformation. For me is one of the most fascinating experiences in life, is when I see anything being transformed into something else. Specially when I see transformation in a person. We were created with the capability to grow, to develop, to improve and I see transformation as part of these processes. And that’s what I see when I am using the juice maker. I see transformation.
 But the interesting thing is that in this case the transformation is not about turning the fruit into something different. It’s the transformation of its condition. When a fruit becomes a liquid it’s because that liquid was in the fruit. The machine only work to bring out that part of the fruit. I don’t believe people can be transformed into something they are not. What happens is we can bring out of people characteristics they have and those characteristics can represent a transformation in them. If we’re able to make people show the best of what they are we create a power to make them love the best of what they can do.
 There’s no better felling when we love what we’re doing. The results are always amazing too. But people are not like fruit. After squeeze a fruit, we trow it off. We should never trow people off. Never!
That's it.
Denison 

🇧🇷 Tenho uma centrífuga em casa e amo ela. Amo o que ela faz e como ela faz. Pessoalmente, gosto de pegar frutas e vegetais, cortá-los e colocar na centrífuga pra ver o suco encher o copo. Até gosto de lavar a centrífuga pra deixar ela pronta pra usar de novo. Vou dizer porque acho tão interessante isso.
 Acredito na transformação. Pra mim, é uma das mais fascinantes experiências na vida. Quando vejo qualquer coisa sendo transformada em algo mais. Especialmente quando vejo transformação em uma pessoa. Fomos criados com a capacidade de crescer, desenvolver, melhorar e vejo transformação como parte desses processos. É o que eu vejo quando uso a centrífuga. Vejo transformação.
 Mas é interessante que nesse caso a transformação não é tornar a fruta em algo diferente do que ela é. É a transformação de uma condição. Quando a fruta se torna em líquido é porque o líquido estava dentro dela. A máquina só extraiu aquela parte da fruta. Não creio que pessoas se transformem em algo que não sejam. O que acontece é que podemos extrair das pessoas características que elas têm e essas características podem representar transformação para elas. Se formos capazes de ajudar as pessoas a mostrarem o seu melhor, criamos um poder que fará com que amem o que de melhor podem fazer.
 Não tem melhor sentimento do que fazer o que se ama. Resultados sempre vão ser incríveis. Mas frutas não são pessoas. Esprememos a fruta e jogamos o resto fora. Não fazemos isso com pessoas. Nunca! 
É isso.
Denison 

SWOT

🇺🇸 It’s not SWAT, it’s SWOT, ok? SWOT stands for: Strengths, Weaknesses, Opportunities and Threats. It’s a quadrant to map personal and organizational perfomance. It gives a measurement when we’re trying to trace the best way to do our best and where we need to invest more to get the best results.
 The way to understand SWOT is relating Strengths with Weaknesses and Opportunities with Threats. S and W are internal characteristics, O and T are external. S and W we can control, O and T we cannot control. First we need to identify each one of them and being honest is the best way to do it. Maybe a help will be needed to not mix one to another, like identify a threat when in fact it’s a weakness.
 The real deal with SWOT is dealing with control. What do we have control over and what we don’t? I have control over my strengths and my weakness. I can improve my strengths and diminish the effect of my weaknesses. Can I control the opportunities? Not always. The same with threats. If I get stuck in traffic or the market changes it’s something beyond my control. I just can react to that. I recommend who’s trying to get into a career or a new job to do that. A company can do the analysis when it’s trying to explore a product in the market. The deeper we understand about ourselves, the better our performance will be.
 Performance is everything. Having the best elements doesn’t guarantee the best results by itself. Leaderactivity is related to performance. Creating movement depends on that too. What’s your SWOT?
That's it.
Denison 

🇧🇷 Não é SWAT, é SWOT. Significa: Strengths (pontos fortes), Weaknesses (pontos fracos), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças). Procurei uma versão em português, mas a sigla que fizeram ficou FOFA e achei que não combina. É um quadrante para mapear desempenho pessoal e organizacional.
 SWOT é uma análise para traçar a melhor maneira de fazer nosso melhor e onde investir mais para ter melhores resultados. Relacionamos S com W e O com T. Características S e W são internas e podemos controlar, enquanto O e T são externas e não controlamos. Temos que identificar cada uma delas honestamente. Uma ajuda pode ser preciso para não misturar, tipo identificar T quando de fato é W.
 O negócio com SWOT é lidar com controle. Sobre o que temos controle e sobre o que não temos? Tenho controle sobre pontos fortes e fracos porque posso melhorar S e atenuar o efeito de W. Posso controlar oportunidades? Nem sempre. O mesmo com ameaças. Se ficar preso no trânsito ou se o mercado mudar é algo além do meu controle. Só posso reagir a isso. Recomendo quem está procurando uma nova carreira ou um novo emprego que faça a análise. Uma empresa pode fazer a análise quando tenta explorar um produto em um mercado. Quanto melhor nos entendermos, melhor será nossa performance.
 Desempenho é tudo. Ter os melhores elementos não é garantia de ter os melhores resultados por si só. Lideratividade está ligada ao desempenho. Criar movimento depende disso também. Qual é seu SWOT? 
É isso.
Denison 

QUALITIES AND FLAWS // QUALIDADES E DEFEITOS

🇺🇸 Usually we tend to look at people and base our conclusion on their personal qualities and flaws. This is a very important subject on leadership. But let’s try a way to see this subject toward to bring the best of everyone. Creating movement is a perfect situation to apply that.
 Try to think of qualities and flaws as personal characteristics. What happens is, usually people point as flaws the characteristics they don’t like to see in other people. I played soccer with a lot of people and some of them weren’t good in controlling the ball. For me it was bad when they were playing on the same team as me, but it was good when they couldn’t control the ball playing for the rival team.
 A person can be labeled by not controlling the tongue and people see that as a flaw, but because that personal characteristic of easy talking that person does very well in business dealing and talking to people. Our personal characteristics are the abilities we have to perform things better. A gift we receive when we’re born. The way we use those characteristics makes the difference. What we usually see as a flaw, could be a characteristic being used selfishly or in a way to cause harm or hurt people. The leaderactive role is to develop the best in everyone and to create harmony between people’s differences.
 We never lose when we try to see people for the best perspective. The more we believe on people’s improvement, the better we’ll feel good with ourselves. Everybody can develop this characteristic.
That's it.
Denison 

🇧🇷 Normalmente tendemos a olhar para as pessoas e basear nossa conclusões nos seus defeitos e qualidades. Esse é um assunto importante em liderança. Vamos tentar uma maneira de ver esse assunto com o objetivo de despertar o melhor das pessoas. Criar movimento é uma perfeita situação pra isso.
 Tente olhar para as qualidades e defeitos como características pessoais. O que acontece é que consideramos defeito as características que não gostamos nos outros. Joguei futebol com muitas pessoas e algumas não eram boas em controlar a bola. Para mim era ruim quando jogavam no meu time, mas era bom quando não controlavam a bola jogando pelo time adversário.
 Uma pessoas pode ser taxada de não controlar a língua e as pessoas vêem isso como defeito, mas por causa dessa característica da falar com facilidade a pessoa faz bons negócios lidando e conversando com outros. Nossas características são habilidades que temos para fazer coisas bem feitas. É um presente que ganhamos ao nascer. A maneira como usamos é que faz a diferença. O que normalmente vemos como defeito, pode ser uma característica usada egoisticamente, ou que cause mal ou fira outros. O papel do liderativo é avivar o melhor de todos e manter a harmonia entre as diferenças das pessoas.
 Nunca perderemos por tentar ver as pessoas pela melhor perspectiva. Quanto mais acreditarmos nelas, melhor nos sentiremos conosco mesmos. Essa característica todos podem desenvolver. 
É isso.
Denison 

ZIPLOC

🇺🇸 There’re few things that come to our life and become indispensable with time. Ziploc is one of them. At first, it seemed a luxury object, but once we start to use we see the huge value it has and the options to use it’s almost unlimited, specially because it’s easy to storage and to handle.
 One of the ziploc’s advantages is the fact it can be used in the fridge, the freezer, the microwave and even to be boiled in a pan. More and more parents are using it to bag their kids’ lunch, to organize toys and little objects. Ziplocs can even be used to protect and carry paper documentation, bagging laboratory samples and with imagination and creativity we can find lots of possibilities for its use.
 The main idea on those bags is to preserve the content inside. Specially when we’re thinking on food. The system allows to create a vacuum, which helps to better preserve and extend the food’s expiration time, when it's storage in the fridge. We live times when people are talking about the importance of reinventing ourselves, of changing and transforming who we are and it’ll be good if we thing about the essence of our own life too. Before change who you are, make sure you’re able to preserve what makes you unique, which is your best characteristic, and make it last longer. Be careful with all the influence in the world.
 Everyone has personal characteristics. It’s not about qualities or defects, it’s about learning how to make a good use of our them. Plastic bags may be indispensable, but aren’t we much more valuable than they?
That's it.
Denison 

🇧🇷 Algumas coisas chegam na nossa vida e se tornam indispensáveis. Ziploc é uma delas. No começo parecia um objeto de luxo, mas quando começamos a usar, vemos a grande utilidade e quase ilimitadas opções de uso que tem, especialmente porque é fácil de mexer e para guardar coisas.
 Uma das vantagens do ziplock é o fato de poder ser usado na geladeira, no freezer, no microondas e até para ferver na panela. Cada vez mais, pais estão usando ziplocs no lanche dos filhos, para organizar brinquedos e pequenos objetos. Também podem ser usados para proteger e carregar papeis, embalar exames de laboratório e com imaginação e criatividade da pra encontrar outras possibilidades de uso.
 A idéia principal dos saquinhos é preservar o conteúdo guardado. Especialmente se for comida. O sistema cria um vácuo, que ajuda a melhor preservar o prazo de validade da comida, quando guardada na geladeira. Vivemos em tempos onde pessoas falam sobre a importância de nos reinventarmos, de mudar e transformar quem somos e seria bom se pensássemos sobre a nossa essência também. Antes de mudar que você é, tenha certeza de poder preservar o que torna você único, que é a sua melhor característica, e fazer com que dure bastante. Cuidado com toda a influência que existe no mundo.
 Todos têm características pessoais. Não se trata de qualidade ou defeitos, mas de como aprendemos a fazer bom uso delas. Sacos plásticos podem ser indispensáveis, mas não valemos muito mais que eles? 
É isso.
Denison